PERIGOSA ROTINA

Quadrilha faz barricada e ataca cidade de Milhã

01:41 · 14.09.2010
( )
Mais violência no Interior. Bando armado faz policiais militares de reféns e invade a agência do Banco do Brasil

Milhã. Mais uma assalto ousado de um grupo de bandidos fortemente armados no Interior do Ceará. Desta vez, a quadrilha formada por 15 homens, encapuzados e fortemente armados de escopeta, fuzis e pistola, tentou arrombar o cofre do Banco do Brasil, nesta cidade, localizada na região Sertão Central (300Km de Fortaleza), nos primeiros minutos da madrugada de ontem. Os assaltantes não conseguiram abrir o cofre, mas fugiram levando R$ 20 mil que estavam nos caixas.

A ação dos bandidos durou cerca de 30 minutos e começou um pouco depois da meia-noite. De acordo com a delegada plantonista, em Senador Pompeu, Sulamita Alves Teixeira, os assaltantes chegaram atirando e renderam os três policiais militares que estavam no destacamento local.

O soldado da PM, identificado por Renan, foi levado como refém, juntamente com dois operários de uma empresa prestadora de serviço para a Coelce, que faziam um reparo na rede de energia. Os assaltantes levaram os funcionários, o militar e a camioneta Hilux da empresa.

Barricadas

No banco, arrombaram a porta de vidro com marretadas e um dos bandidos feriu a mão, segundo relato de uma das testemunhas. Enquanto parte da quadrilha agia no banco, outros bandidos ficaram na esquina do cemitério em frente à unidade da Polícia Militar.

A cidade foi isolada com barricadas de pneus e troncos que foram incendiados. A população viveu momentos de apreensão e pânico.

Não havia vigia no banco. Os bandidos tentarem abrir o cofre com maçarico, mas não conseguiram. Fugiram levando dinheiro dos caixas. "O cofre tem abertura programada e essa quantia roubada estava nas gavetas dos caixas", explicou a delegada Sulamita Teixeira Mendes, que preside o inquérito. "Já ouvimos os que foram tomados como reféns e solicitamos perícia da Polícia Federal.

De acordo com a delegada, a Polícia já tem suspeita sobre o paradeiro da quadrilha e está realizando levantamentos. Até o fim da tarde de ontem, os bandidos não haviam sido localizados. Durante o dia, policiais civis e militares de Senador Pompeu, Quixeramobim, Quixadá e Banabuiú realizaram diligências na região. Os bandidos chegaram à cidade usando um veículo Corsa e duas motocicletas. O carro foi abandonado e incendiado numa estrada de terra próxima ao distrito de Ipueiras, zona rural de Milhã. A camioneta Hilux foi deixada numa estrada que dá acesso à cidade de Banabuiú.

Invasões

Ataques a cidades do Interior cearense viraram rotina. Bandidos aproveitam-se do pouco efetivo policial e dominam completamente a situação. As agências bancárias e dos Correios são os principais alvos dos delinquentes. Na semana passada, cena igual aconteceu na cidade de Palmácia, no Maciço de Baturité. Na ocasião, dois bandidos acabaram sendo detidos.

Honório Barbosa
Repórter

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.