aracoiaba

Prefeito e secretários são afastados

01:00 · 07.09.2018
Polícia Civil
A ofensiva é resultado de uma investigação da Procuradoria dos Crimes contra a Administração Pública (Procap) e teve apoio da Polícia Civil

O prefeito e três secretários municipais de Aracoiaba (a 96Km de Fortaleza) foram afastados pela Operação Abre Alas, do Ministério Público do Ceará (MPCE), deflagrada na manhã de ontem. Também foram cumpridos 14 mandados de busca pessoal e domiciliar, expedidos pela Justiça. Um dos alvos foi a residência da ex-vice-prefeita, Maria Valmira Silva de Oliveira, conhecida como 'Dona Bill'.

O motivo da operação é a apuração de irregularidades em contratos milionários, para a promoção dos festejos do Carnaval de 2016, segundo o MPCE. Por conta das apurações, foram afastados o prefeito de Aracoiaba, Antônio Cláudio Pinheiro; o secretário de Finanças e irmão do prefeito, Francisco de Assis Pinheiro; o secretário do Meio Ambiente e Urbanismo, Alexandre de Oliveira Rezende; e o secretário de Educação, Francisco Emílio Campelo Freitas.

Os mandados de busca pessoal e domiciliar foram cumpridos em Aracoiaba, Fortaleza e na Região Metropolitana. Imóveis de 'Dona Bill' foram visitados pelas autoridades; além de residências dos sócios das empresas Ordnas Centro de Negócios Comerciais e Serviços EIRELI e Dourado e Brito Construções, Comércio e Serviços EIRELI-ME.

Conforme a investigação, foram comprovadas irregularidades em processos licitatórios para o uso de uma praça pública, para a organização das festividades de Carnaval de 2016. Segundo o Ministério Público, há indícios de vícios em outros contratos de obras, coleta de lixo e fornecimento de merenda escolar.

Investigação

A ofensiva denominada 'Abre Alas' é resultado de uma investigação da Procuradoria dos Crimes contra a Administração Pública (Procap) e teve apoio de outras células do MPCE. O órgão não autorizou que os promotores de Justiça concedessem entrevista sobre o caso, conforme a assessoria de comunicação.

O prefeito Antônio Cláudio Pinheiro e a vice, 'Dona Bill', tiveram a cassação confirmada em decisão unânime do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), no último dia 30 de agosto. A chapa foi acusada de abuso de poder político e econômico nas Eleições de 2016. O Tribunal convocou novas Eleições para Aracoiaba e declarou prefeito e vice inelegíveis por oito anos.

'Dona Bill', também conhecida por ser a mãe do cantor Wesley Safadão, que cantou no Carnaval de 2016, organizado pela Prefeitura de Aracoiaba, já havia renunciado do cargo, em dezembro de 2017. O músico, porém, não é alvo da investigação.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.