Polícia investiga ações de quadrilha - Polícia - Diário do Nordeste

Bancos e carros-fortes

Polícia investiga ações de quadrilha

30.03.2013

O chefe do bando tem uma extensa ficha de crimes desde o ano de 2000, mesmo assim tem obtido a liberdade

A Polícia Civil aprofunda as investigações em torno da quadrilha chefiada pelo assaltante de bancos e carros-fortes Antônio Carlos dos Santos, o ´Tornado´. Chama a atenção das autoridades da Segurança Pública não apenas o poderio de fogo do bando (que inclui até fuzis de guerra americanos), ou a ousadia e violência das ações do grupo, mas, principalmente, a facilidade com que o bandido e seus comparsas conseguem liberdade meses após serem presos.

Um dos últimos ataques da quadrilha aconteceu no dia 28 de janeiro último, na porta da agência do Banco do Brasil de Aquiraz, quando os ladrões abriram fogo contra um carro-forte e roubaram os malotes bancários FOTO: VIVIANE PINHEIRO


´Tornado´ é conhecido das autoridades policiais desde o dia 18 de abril de 2000, quando foi preso pela primeira vez e autuado em flagrante no 27º DP (João XXIII). Daquela data até hoje, já se passaram 14 anos, e o acusado tem, ano a ano, ´engordado´ sua ficha criminal. A lista de delitos é grande, assim como as vezes que passou pelo presídio, fugiu ou foi solto judicialmente.

Vida de crimes

A Reportagem teve acesso à ficha criminal do bandido na semana passada. Acusado de atacar agências bancárias na Capital e região metropolitana, assaltar carros-fortes e atirar contra vigilantes, praticar latrocínio (roubo seguido de morte) e portar armas de uso restrito ou proibido no País, além do roubo de veículos, ´Tornado´ tem desafiado as autoridades da Justiça cearense e passa pouco tempo na prisão.

Na extensa lista de crimes do suspeito, aparecem casos que foram de grande repercussão ma mídia local, como o assalto seguido de morte do empresário do ramo de música Joacir Belizário da Silva, 39, dono dos bandas de forró ´Líbanus´ e ´Forrozão Tropikália´, morto na porta de sua casa de veraneio, na Praia do Cumbuco, em Caucaia, no dia 19 de dezembro de 2006.

No dia 28 de junho de 2005, ´Tornado´ foi indiciado em inquérito policial pelo roubo de um malote contendo R$ 30 mil de uma mulher que saía da agência da Caixa Econômica Federal, na Avenida Francisco Sá, no bairro Carlito Pamplona.

Há quase 15 anos, Antônio Carlos dos Santos, o ´Tornado´, pratica crimes no Estado do Ceará, desde roubos a bancos, a crimes de latrocínio FOTO: DIVULGAÇÃO/DRF


Ação semelhante ele teria praticado no dia 19 de setembro do mesmo ano (2005), ao roubar outro malote bancário, desta vez na agência da Caixa Econômica da Avenida Mister Hull, no bairro Antônio Bezerra A vítima do assalto foi o funcionário de uma rede de supermercados.

A sequência de crimes atribuído ao bandido aconteceu em 31 de janeiro de 2007, quando foi indiciado na Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos e Cargas (DRFVC).

Já no dia 6 outubro de 2008, por volta das 14h50, a quadrilha chefiada pelo bando metralhou um carro-forte da empresa Corpvs no Parque Araxá no momento em que eram recolhidos malotes de uma casa lotérica. Naquela ocasião, os assaltantes vestiam fardas da Polícia Militar.

Casa de shows

A lista de crimes aumentou na manhã do dia 5 de março de 2010, quando ´Tornado´ e seu grupo, usando armas de grosso calibre, invadiram as dependências da casa de shows ´Kukukaya´, situada na Avenida Pontes Vieira, no bairro Tauape, rendeu os seguranças e roubou todo o dinheiro que havia sido arrecadado na festa do fim de semana. O assalto foi todo filmado pelas câmeras da casa de shows e o bandido identificado e reconhecido.

No dia 1º de abril de 2010, finalmente, ´Tornado´ foi preso pela Polícia na cidade de Barreira (75Km de Fortaleza) e levado para a Delegacia Regional de Baturité, onde acabou autuado em flagrante por porte ilegal de armas e formação de quadrilha.

A partir dali, logo após ser solto através de habeas corpus, ´Tornado´ decidiu partir para ataques mais violentos e rendosos para ele e seu bando. Adquiriu armas de grosso calibre, como fuzis e submetralhadoras de fabricação estrangeira e iniciou uma sequência de assaltos de grande monta. E o primeiro deles dentro de um shopping center, o North Shopping, na Avenida Bezerra de Menezes, na manhã do dia 6 de agosto de 2011.

As imagens captadas pelas câmeras mostraram claramente quando o bando invadiu o shopping no momento em que uma equipe de vigilantes abastecia um caixa-eletrônico. Todos foram dominados, com pistolas e submetralhadoras apontadas em sua direção, e foram obrigados a deitar no chão, entregar coletes e armas, assim como os malotes com dinheiro. Cerca de um mês depois, ´Tornado´ foi detido pela Polícia na cidade de Paracuru (100Km de Fortaleza) usando documentos falsos.

Comparsas

Agora, após a prisão do chefe do bando, a Polícia faz diligências para capturar o restante do bando. Os comparsas de ´Tornado´ já foram identificados como, Francisco Gilson Lopes Justino, o ´Gilson Meia-Luz´; José Silvino Vieira Sales, Luciano Batista Viana, o ´Playboy´; e Paulo Ivan Vieira Coutinho, este último, segundo a Polícia, um dos homens de confiança do chefe do bando.

FERNANDO RIBEIRO
EDITOR DE POLÍCIA



Comente essa matéria


Editora Verdes Mares Ltda.

Praça da Imprensa, S/N. Bairro: Dionísio Torres

Fone: (85) 3266.9999