Em Horizonte

Polícia Civil investiga assassinato de dois jovens

O crime aconteceu no bairro Cachoeira, e vitimou Antônio Thiago Filho Gonçalves, de 20 anos de idade, e Ronald Viana de Lima, 22 ( Foto: Marcos Dublê )
01:00 · 01.05.2018

O assassinato de dois jovens a tiros, dentro de uma residência, no Município de Horizonte, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), na manhã da última segunda-feira (30), está sendo investigado pela Delegacia Metropolitana de Horizonte, da Polícia Civil. Ninguém foi preso pelo duplo homicídio, até o fechamento desta matéria.

Segundo informações de um policial militar de Horizonte, que preferiu não se identificar, o crime aconteceu na Rua Balduino Emídio, no bairro Cachoeira, e vitimou Antônio Thiago Filho Gonçalves, de 20 anos de idade, e Ronald Viana de Lima, 22.

Testemunhas contaram à Polícia que quatro criminosos chegaram em um veículo de cor branca (modelo não identificado), invadiram o domicílio e dispararam vários tiros contra a dupla, que morreu no local. Em seguida, os assassinos fugiram.

Calibres

De acordo com apuração da reportagem da TV Diário no local do crime, a mulher e a filha de Antônio Thiago também estavam na residência, mas não foram atingidas. Uma perita da Perícia Forense do Ceará (Pefoce) contou que várias armas, de calibres diferentes, foram utilizadas na ação criminosa.

A Polícia Militar foi acionada para a ocorrência, isolou o imóvel e realizou diligências pela região, em busca dos suspeitos. Até o fechamento desta matéria, ninguém havia sido preso. A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) acrescentou que equipes da Delegacia Metropolitana de Horizonte e da Pefoce iniciaram a investigação do crime.

A Pasta reforçou que a população pode realizar denúncias anônimas pelos telefones 181, o Disque Denúncia da SSPDS, ou (85) 3336-6164, da Delegacia, ou para o contato do aplicativo WhatsApp da Unidade da Polícia Civil, (85) 99697-5985.

Antecedentes

O PM entrevistado pela reportagem contou que a residência onde aconteceu o crime pertencia a Antônio Thiago, que é natural de Fortaleza. "A família disse que veio embora de Fortaleza para ver se o tirava do mundo do crime", contou. Já Ronald Lima, natural de Maranguape, foi se abrigar na casa do amigo há poucos dias. Apesar da pouca idade, a dupla tinha vasta passagem pela Polícia.

Antônio já respondia por dois homicídios. Enquanto Ronald tinha um mandado de prisão em aberto e respondia a um total de oito processos, por seis crimes diferentes: homicídio, lesão corporal, dano, motim de presos, porte ilegal de arma de fogo e corrupção de menores.

Mortes múltiplas

Essa é a oitava ocorrência com mortes múltiplas, no Ceará, neste mês de abril, conforme dados parciais da SSPDS até o último dia 26. Os sete crimes anteriores também deixaram duas vítimas, cada.

A maioria dos duplos homicídios ocorreram em Fortaleza (quatro casos), nos bairros Bom Jardim, Sapiranga, Dias Macêdo e Antônio Bezerra. Dois crimes foram cometidos em Caucaia e um em Quiterianópolis.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.