Polícia ´caça´ acusados de assassinar ex-vereador - Polícia - Diário do Nordeste

PROCURADOS

Polícia ´caça´ acusados de assassinar ex-vereador

02.08.2010

Uma ação, coordenada pela SSPDS, foi desencadeada na região nas buscas aos integrantes da quadrilha

A Polícia continua a caçada aos integrantes da quadrilha que executou na tarde de sábado (31), na localidade de Guassi, em Redenção (distante 63 Km de Fortaleza), o ex-vereador José Maia de Castro Filho, 54, o ´Louro´. Equipes do policiamento local com o apoio de patrulhas de Fortaleza e também de inspetores da Polícia Civil permanecem a procura dos acusados no Município e nas cidades vizinhas.

Logo após o crime, os acusados se embrenharam no matagal em cima da serra, entre os municípios de Redenção e Pacoti. Patrulhas da PM iniciaram a perseguição, mas até ontem, ninguém havia sido preso.

Conforme os policiais que participam da operação, um dos maiores problemas enfrentados é a falta de informações sobre o paradeiro dos acusados, pois a população teme repassar qualquer dado indicando a localização do bando, com medo de represálias da quadrilha.

Vingança

De acordo com parentes do ex-vereador José Maia, ele acabou como a mais recente vítima da quadrilha conhecida como os ´Alves´, chefiada pelo acusado de sequestros e um dos 20 fugitivos mais procurados do Estado, Reginaldo Martins Barbosa, 35, por que os bandidos acreditavam que o mesmo repassava informações da quadrilha aos policiais. Por esse motivo, segundo a Polícia, na semana passada Reginaldo Barbosa foi ao sítio do ex-vereador e o ameaçou de morte.

"Ele disse que se Maia falasse com a Polícia novamente, ele seria morto", revelou uma fonte da PM local à Reportagem. Na tarde de sábado, segundo a Polícia, Reginaldo cumpriu sua promessa. O ex-vereador estava no sítio de sua propriedade deitado em uma rede com o neto no colo, quando foi surpreendido por um grupo formado por, pelo menos, seis homens armados de pistola e escopeta, dentro da propriedade onde ele estava com a família.

Segundo a Polícia, os bandidos trancaram a mulher, o filho e o neto do ex-vereador dentro da residência e o levaram para um local distante 100 metros da casa, próximo a uma capela.

Lá, eles espancaram a vítima e efetuaram disparos de pistola em várias partes do corpo do ex-vereador. Por fim, os bandidos deram um tiro de escopeta no peito esquerdo de José Maia e fugiram sem ferir os parentes da vítima.

Crimes

A quadrilha dos ´Alves´ já é conhecida da polícia cearense. Naturais de Caridade (distante 94 Km de Fortaleza), há cerca de sete anos os irmãos iniciaram a prática de crimes entre os municípios de Redenção e Pacoti.

Segundo a Polícia, o início das atividades criminosas do bando foi com roubo de animais. Em seguida, passaram para assaltos de cargas e sequestros. Eles são apontados como responsáveis pelo arrebatamento de uma estudante, em Fortaleza e outro sequestro, em Morada Nova, ambos praticados no ano passado.

Além de Reginaldo, permanecem foragidos e com prisão preventiva decretada Fernando Martins Barbosa; e Francisco Edvan Rocha Alves. Recentemente, João Paulo Martins Barbosa e José Ivan Martins Barbosa foram presos pela Divisão Anti-Sequestro (DAS).

SÃO GONÇALO
Comerciante é morto a tiro por dois pistoleiros

Um crime com características de ´pistolagem´ foi registrada no fim da noite de sábado (31), no Município de São Gonçalo do Amarante, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF). A vítima foi o comerciante Francisco Lucas Jucá, 43. Ele foi executado com três tiros à queima-roupa, tendo dois atingindo a cabeça e o braço, dentro do seu estabelecimento comercial.

Segundo testemunhas, dois homens numa moto, usando capacetes vermelhos, se aproximaram do empresário, quando ele chegava em seu comércio. Ao entrar no supermercado, Lucas Jucá foi alvejado com os tiros morreu na hora. Os autores do crime ainda não foram identificados.

Por enquanto sem pistas, o delegado Cleófilo Rodrigues vai iniciar os depoimentos dos familiares da vítima e outras testemunhas. A hipótese de assalto foi descartada pela Polícia pois os criminosos não levaram nada da vítima.

A principal linha de investigação é um crime de pistolagem, mas os motivos não foram revelados. Segundo alguns moradores do Município, que não quiseram se identificar, o comerciante, aparentemente, não tinha inimigos e era muito querido pelos funcionários.

Viçosa

Um homem identificado apenas como Pedro Luiz foi assassinado no último fim de semana, quando fazia compras em uma mercearia no Município de Viçosa do Ceará (distante 348 Km de Fortaleza). Os bandidos anunciaram o assalto e obrigaram a vítima a deitar no chão. Mesmo sem reagir Pedro foi atingido com um tiro nas costa e morreu no hospital.

EMERSON RODRIGUES
Repórter

Comente essa matéria


Editora Verdes Mares Ltda.

Praça da Imprensa, S/N. Bairro: Dionísio Torres

Fone: (85) 3266.9999