sete mortos

Vítimas de Chacina no Benfica são identificadas

Três das cinco vítimas identificadas pela Secretaria de Segurança tinham passagens pela polícia

13:00 · 10.03.2018 / atualizado às 13:36
Vítimas de chacina no Benfica são identificadas
A secretaria de Segurança Pública confirmou a morte de sete pessoas ( Foto: Kleber A. Gonçalves )

A chacina ocorrida na noite desta sexta-feira (9) no bairro Benfica, em Fortaleza, deixou sete mortos e pelo menos quatro feridos. Cinco das vítimas fatais já foram identificadas pela Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS). 

A primeira vítima identificada é José Gilmar Furtado de Oliveira Júnior, de 33 anos, conhecido como "Júnior Biba". De acordo com a SSPDS, Júnior Biba tinha passagens por roubo e posse de drogas

Os autores do crime atiraram contra "Júnior Biba" e depois retornaram para efetuar mais disparos contra ele. No corpo, foram encontradas pelo menos 10 perfurações a bala. Na pochete de "Júnior Biba" havia certa quantidade de maconha e dinheiro trocado. Ele foi morto na praça da Gentilândia.
 
 
Outras duas vítimas que estavam na Gentilândia também foram identificadas. Antônio Igor Moreira e Silva, de 26 anos, foi atingido por pelo menos 12 tiros. Ele tinha passagem por posse de droga.

Joaquim Vieira de Lucena, de 21 anos, foi alvejado por 5 tiros. Ele não tinha antecedentes criminais.

Vítimas de Chacina no Benfica são identificadas

Pedro Braga Barroso Neto, de 22 anos, foi morto na Rua Joaquim Magalhães. Ele tinha duas passagens por roubo e uma por associação criminosa.

Carlos Victor Meneses Barros, de 23 anos, na Vila Demétrio, nas proximidades de uma das sede da Torcida Uniformizada do Fortaleza (TUF). Ele também não tinha antecedentes criminais.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.