Turista italiana foi morta por asfixia mediante estrangulamento, aponta laudo - Polícia - Diário do Nordeste

Necrópsia

Turista italiana foi morta por asfixia mediante estrangulamento, aponta laudo

16:21 · 26.12.2014 por Jéssika Sisnando

A turista italiana Gaia Molinari, 29, foi morta por asfixia mediante estrangulamento. A informação foi confirmada por meio do laudo que apontou a causa da morte. O parecer foi dado pelo médico legista que realizou a necrópsia. O material que vai definir se houve crime sexual foi coletado, pois o laudo não concluiu se a vítima foi violentada.  

A italiana Gaia Molinari deveria retornar para o hostel da Capital na última quinta-feira (25), quando o corpo foi encontrado na área do Serrote por um casal de turistas.

>Turista italiana morta em Jericoacoara esteve hospedada em hostel de Fortaleza
Imprensa italiana repercute morte de jovem em Jericoacoara
>Carioca que viajou com turista italiana presta depoimento sobre morte
Turista italiana é encontrada morta 

Gaia trajava biquíni e estava com uma mochila nas costas quando foi encontrada. O corpo apresentava diversas marcas de espancamento. O suspeito procurado pela Polícia é um nativo de Jericoacoara e estava nas imediações de onde ocorreu o crime. Desde que o corpo foi encontrado, a Polícia realiza diligências.

O caso está sendo investigado pela delegada adjunta da Delegacia de Proteção ao Turista (Deprotur), Patrícia Bezerra. Ainda segundo informações da Polícia Civil, Gaia se hospedou em um hostel em Fortaleza na última terça-feira (16) e viajou para a praia de Jericoacoara, para passar o Natal, no último domingo (21). Em Jericoacoara, a turista permaneceu em uma pousada. 

O corpo da italiana está na Coordenadoria de Medicina Legal (Comel) de Sobral