Vila Velha

Três suspeitos de integrar facção criminosa e matar motorista da Uber são presos

O trio também é suspeito de assassinar um adolescente de 14 anos

16:18 · 15.06.2018 / atualizado às 18:34

Três integrantes da facção criminosa Comando Vermelho (CV), que atuavam na região do Vila Velha, em Fortaleza, foram presos pela Divisão de Homicídio e Proteção a Pessoa (DHPP), como afirmou o órgão em coletiva de imprensa na tarde desta sexta-feira (15). Os três e mais outro, que está foragido, fazem parte do antigo grupo criminoso 3 vértices (3V), que se aliou ao CV. 

Estão presos Fred Rodigues Lima, líder do grupo na região, e outros dois integrantes, identificados como Antônio Lucas Alves Bezerra e André de Sousa Ferreira. De acordo com a Polícia Civil, os suspeitos estão envolvidos na morte do motorista de Uber, Francisco Alexandre Oliveira, no dia 24 de março. O motorista se perdeu no Vilha Velha e os criminosos o confundiram com membro da facção rival.

"Às vezes eles entendem que aquele carro que está ingressando naquele ambiente que eles consideram de atuação é de uma facção criminosa rival, o que pode representar um ataque contra eles", afirma o diretor da DHPP, delegado Leonardo Barreto. 

Além disso, os presos pela DHPP estão envolvidos também na morte de um adolescente de 14 anos, com iniciais F. S. C., que assassinado no último dia 15 de março. Conforme a Polícia Civil, o adolescente havia se mudado para Fortaleza há pouco tempo e foi morto pela facção porque eles julgaram que o menor pertencia a um grupo rival, ligado à Guardiões do Estado (GDE)

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.