em confronto

Três presos morrem na Cadeia Pública de Cascavel

Segundo a Sejus, a situação na unidade já foi controlada e não houve outros feridos

11:52 · 15.09.2018 / atualizado às 14:51

Três presidiários morreram, na manhã deste sábado (15), durante um confronto na Cadeia Pública de Cascavel, município distante cerca de 65 Km da Capital. A informação foi confirmada pela Delegacia Metropolitana de Horizonte, que responde pelo plantão.

De acordo com informações preliminares do diretor do Sindicato dos Agentes Penitenciários (Sindasp), Natanael Andrade, os três presos pertenciam à facção Guardiões do Estado (GDE) e foram assassinados por rivais do Comando Vermelho (CV) - grupo absorvido pela unidade.

Em nota enviada ao Diário do Nordeste, a Secretaria da Justiça e Cidadania do Ceará (Sejus) informou que a "briga de internos de grupos rivais" resultou na morte de Flávio Murilo Cardoso da Silva, Ismael Nascimento da Silva e Rafael Nascimento da Silva.

"Não houve outros feridos. Agentes plantonistas e do Grupo de Ações Penitenciárias (GAP) e policiais militares intervieram, controlando a unidade prisional".

Os primeiros levantamentos já foram realizados por equipes da Polícia Civil, por meio da Delegacia Metropolitana de Horizonte e do Departamento de Polícia Metropolitana. "As investigações agora estão em andamento e visam identificar os autores do crime", informou ainda a pasta.

As circunstâncias e motivação exata do triplo homicídio ainda não foram divulgadas pela Sejus. Porém, conforme Paulo Sérgio, também diretor do Sindasp, os três homens teriam sido mortos com objetos contundentes, "a pauladas e pedradas". E chegaram ontem (14), por volta do meio-dia, à unidade prisional. 

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.