EXECUÇÃO

Travesti é morta a tiros no bairro Couto Fernandes

A vítima era usuária de drogas, o que pode ter motivado o crime.

09:29 · 23.12.2016 / atualizado às 10:18
al-ce
Paula foi morta na porta da própria residência, localizada na travessa Tibiriçá. ( Foto: Reprodução )
Uma travesti identificada como Paula Raio Laser, de 50 anos, foi morta a tiros na noite da última quinta-feira (22), no bairro Couto Fernandes (Regional IV), por dois homens que trafegavam numa motocicleta.
 
Paula foi executada na porta da própria casa, localizada na Travessa Tibiriçá. Após o crime, os assassinos se evadiram em direção à comunidade do Triângulo, naquele mesmo bairro. Eles ainda não foram identificados.
 
Segundo a Polícia Militar, Paula Raio Laser – cujo documento de identidade consta no nome de Paulo Ayrton Gomes da Silva – era usuária de drogas, o que pode ter sido uma das motivações do crime. No entanto, ela não tinha antecedentes criminais. 
 
*Com informações da TV Diário.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.