Região Metropolitana

Taxista é assassinado quando retornava de corrida em Maranguape

Pedro Henrique foi socorrido por um policial militar e foi levado até uma unidade de saúde do município, mas não resistiu

13:55 · 22.07.2018 / atualizado às 14:25
Taxista
Em nota, o Sinditaxi afirmou que a categoria está de luto em homenagem a Pedro Henrique dos Santos ( Foto: VC Repórter )

Um taxista foi assassinado na madrugada deste domingo (22), em Maranguape. O homem, identificado como Pedro Henrique dos Santos, de 35 anos, levou uma família para o município e, ao retornar da corrida, foi atingido por um disparo de arma de fogo. As circunstâncias do crime ainda estão sob investigação.

Segundo informações da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), Pedro Henrique foi socorrido por um policial militar e levado até uma unidade de saúde do município, mas não resistiu. O carro do taxista está apreendido na Delegacia Metropolitana de Maracanaú.

Um inquérito policial foi instaurado pela Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), e a Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE) está à frente das investigações.

Em nota divulgada em sua página oficial no Facebook, o Sindicato dos Taxistas do Ceará (Sinditaxi) lamentou a morte e afirmou que a categoria está em luto. "Perdemos um grande profissional, fruto desta insegurança que reina em nosso Brasil e de maneira marcante em Fortaleza. Mais uma família sofre a perda de um ente querido", destacou.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.