Reincidente

Suspeito de matar juiz em uma praça do Papicu é capturado novamente

Na última quarta-feira (11), Silva e outros dois homens foram presos durante um patrulhamento, no bairro Ancuri

20:03 · 13.07.2018 / atualizado às 20:13

Edson Santos da Silva, de 18 anos, foi preso por policiais militares, junto a dois comparsas, na última quarta-feira (11). Silva é um antigo conhecido da Polícia. Enquanto adolescente, ele foi capturado, pelo menos, três vezes. Uma delas sob a suspeita de ser responsável pelo latrocínio de um juiz, em 2016, na Praça Felipe Borges, localizada no bairro Papicu.

>Apreendido suspeito de matar juiz aposentado

Há dois dias, o jovem foi autuado por roubo. De acordo com a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), Edson Santos, Halleson Viana de Sousa e Dayvid Laurindo de Souza foram abordados no bairro Ancuri, durante um patrulhamento. Foi constatado que eles estavam envolvido em um assalto a carro.

Com eles, foram encontrados vários objetos, como notebook, aparelho celular e equipamentos utilizados na área da medicina. Um dos suspeitos disse que o material pertencia a sua esposa, que trabalha como enfermeira. No entanto, em checagem junto à Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (Ciops) foi constatado que objetos semelhantes haviam sido roubados, no Papicu, horas antes.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.