DUPLO HOMICÍDIO

Suspeito de matar humorista 'Fonsequinha' é preso; mais 2 seguem procurados

'Fonsequinha' morreu por engano; suspeitos tentavam apenas executar passageiro do 'táxi amigo'

13:16 · 12.05.2018 / atualizado às 14:06
Image-0-Artigo-2395541-1
Segundo testemunhas, o passageiro tinha solicitado a viagem minutos antes da ocorrência e havia acabado de embarcar no Fiat Pálio Weekend ( Foto: VC Repórter )
Fonsequinha
O motorista também era humorista e conhecido como o palhaço Fonsequinha ( Foto: VCrepórter )
O suspeito de matar o humorista 'Fonsequinha' no início do mês foi preso pela Polícia e encaminhado, nesta sábado (12), à Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), após ter o mandado de prisão temporária expedido na última quinta (10), segundo reportagem da TV Diário. O suspeito, que já responde por tráfico de drogas, seria autor dos disparos, segundo investigação policial.
 
Outros dois suspeitos de participação no crime já foram identificados e os mandados de prisão temporária também expedidos.
 
Relembre o caso
 
No último dia 2, dois homens foram mortos a tiros, no bairro Planalto Ayrton Senna. Além de Francisco Fonseca Neto, o 'Fonsequinha', 52, que trabalhava como motorista de transporte particular, 'táxi amigo', também foi alvejado e morto o passageiro Robson Borges da Silva Filho, 24, que seria o único alvo da ação.
 
O palhaço e humorista 'Fonsequinha' morreu por engano, com aproximidade do alvo, no momento do tiroteio.
 
Segundo testemunhas, Borges tinha solicitado a viagem minutos antes da ocorrência e havia acabado de embarcar no Fiat Pálio Weekend, de cor verde, que fora interceptado na rua Joaquim dos Anjos. Testemunhas disseram que o crime foi cometido por dois homens armados, ocupantes de uma moto.
 
Robson Borges tinha uma extensa ficha criminal, incluindo tráfico de drogas, e teria sofrido tentativa de homicídio no dia anterior.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.