BR-304

Senegalês é detido com mais de mil itens sem nota fiscal em Aracati

Com o homem foram encontrados 394 relógios e 873 itens, entre pulseiras, correntes e anéis

O senegalês e a mercadoria foram encaminhados à unidade da SEFAZ em Aracati ( Foto: Divulgação / PRF )
10:19 · 19.06.2018

Um homem de origem senegalesa foi detido nesta segunda-feira (18), no município de Aracati, ao ser flagrado transportando mais de 1,2 mil itens sem nota fiscal. Com o homem foram encontrados 394 relógios e 873 artigos, entre pulseiras, correntes e anéis.

Durante fiscalização na BR-304, na altura do km 53, agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) abordaram um ônibus de viagem, da empresa Guanabara, que fazia o trajeto Belém x Natal.

Em revista ao passageiros, foi encontrado na posse do senegalês Sidy Lamine Gueye uma mochila contendo diversos relógios e um comprovante relativo ao despacho de sete volumes no bagageiro. 

Na vistoria dos volumes que estavam no bagageiro, foram encontrados 394 relógios e 873 itens, entre pulseiras, correntes e anéis, sem nota fiscal, o que caracteriza, em tese, crime contra a ordem tributária.

O senegalês e a mercadoria foram encaminhados à unidade da Secretaria da Fazenda (SEFAZ) de Aracati para as devidas providências. 

A Lei 8.137, que caracteriza crimes de ordem tributária, prevê pena de reclusão de dois a cinco anos, e multa, caso a documentação fiscal da mercadoria não seja apresentada no prazo de 10 dias.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.