No Ceará

Sargentos da PM são alvos de mandados de prisão preventiva por roubo e corrupção passiva

Dois deles já estavam em reclusão no presídio militar

19:32 · 13.06.2018 / atualizado às 20:07

Três sargentos da Polícia Militar (PMCE) foram alvos de mandados de prisão preventiva e também de busca e apreensão em uma ação do Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE), que divulgou o caso nesta quarta-feira (13). Segundo o MPCE, os três praticaram crimes de roubo e corrupção passiva. Dois deles já estavam em reclusão no presídio militar, após serem condenados em uma auditoria militar. 

Os mandados de prisão contaram com apoio do Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco) e com o apoio de equipes da Controladoria Geral de Disciplina (CGD). 

A ação dos policiais foi percebida em uma outra investigação do Gaeco e do setor de inteligência da Secretaria Estadual de Segurança Pública (SSPDS). O terceiro alvo, que estava em atividade, foi encaminhado ao presídio militar, após o cumprimento do mandato. 

Os três sargentos vão responder ao processo criminal, mas também a um procedimento disciplinar da Controladoria, podendo ser demitidos

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.