Detido

Policiais civis e militares capturam suspeito de estupro em Brejo Santo

Homem é acusado de ter sequestrado e estuprado uma jovem de 14 anos durante festejos em agosto

13:56 · 02.09.2018 / atualizado às 14:31
Brejo Santo
Populares cercam viatura para acompanhar prisão do possível estuprador ( Foto: VC Repórter )

Segundo a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), o suspeito de estuprar uma adolescente de 14 anos, na cidade de Brejo Santo, foi preso nesse sábado (1), após um trabalho conjunto entre as Polícias Civil e Militar do Ceará. 

Ainda de acordo com a assessoria de imprensa da SSPDS, Sérgio Lopes de Oliveira (32), sem antecedentes criminais, foi localizado e conduzido por policiais militares lotados no Batalhão de Policiamento de Rondas e Ações Intensivas e Ostensivas (BPRaio), quando transitava pelas ruas da cidade de Barro. Por ser andarilho, as Polícias Civil e Militar trabalhavam para localizar o suspeito, que é natural de Brasília. Quando chegou à delegacia, Sérgio foi ouvido, e diante dos indícios que o apontavam como o autor do crime, um pedido de mandado de prisão preventiva foi representado pela Polícia Civil ao Poder Judiciário. Ainda nesse sábado, a Justiça deferiu o pedido e o homem foi preso. Ele foi conduzido para uma unidade prisional do Cariri e deverá responder, ao término das investigações, por estupro e crime de sequestro. 

O crime

A vítima retornava de uma festa, na madrugada do dia 24 de agosto, quando foi abordada pelo suspeito, que, usando uma faca, levou a jovem até um sítio situado na Comunidade de Baraúnas e passou a violentá-la. Mais de 24 horas depois, já na manhã do sábado (25), a jovem conseguiu fugir do local do crime e foi com a família para a delegacia, onde prestou depoimento e foi conduzida para uma unidade hospitalar para ser medicada. Após os atendimentos médicos, a vítima realizou exames na Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce) e aguarda os laudos periciais.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.