Agiam com Violência

Polícia prende grupo que assaltava clientes de supermercados em Fortaleza e na RMF

O delegado das DAS, um dos responsáveis pelas prisões, informou que o grupo escolhia as vítimas nas saídas dos estabelecimentos, de acordo com os objetos que elas estavam portando, para segui-las e roubá-las

A suspeita é de que o grupo praticasse os assaltos desde o fim do ano passado ( Foto: Saulo Roberto )
15:35 · 19.06.2018 / atualizado às 16:36
Foram apreendidos uma motocicleta, uma arma de fogo e um celular com o grupo

A Polícia Civil prendeu, na última sexta-feira (15), quatro suspeitos de realizarem assaltos a clientes de supermercados localizados na Capital e na Região Metropolitana Fortaleza (RMF). O grupo aproveitava o momento em que as vítimas saíam dos estabelecimentos para segui-las e subtrair os objetos pessoais e o veículo. Eles utilizavam uma moto e dois carros, um Siena de cor branca e uma Pajero de cor prata, para efetuar os delitos. As informações foram divulgadas nesta terça-feira (19) durante coletiva de imprensa.

O grupo atuava, principalmente, nos bairros Cambeba, Cidade dos Funcionários e no município do Eusébio. A Polícia apreendeu um automóvel, uma motocicleta, uma arma de fogo e um celular com o grupo.

As prisões foram efetuadas após uma operação da Delegacia de Roubos e Furtos (DRF), da Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos e Cargas (DRFVC) e da Divisão de Antissequestro (DAS) nas imediações da Avenida Washington Soares, na Capital. Ao realizar diligências pela área, os policiais notaram dois veículos suspeitos e começaram a segui-los. Durante a perseguição, eles perceberam que uma motocicleta também passou a acompanhar os automóveis. A equipe deu sinal voz de parada, mas os suspeitos empreenderam fuga.

Segundo a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), houve troca de tiros durante a perseguição policial. O motoqueiro abandou a motocicleta e adentrou em um matagal e os veículos Siena e a Pajero continuaram a fuga pela avenida Washington Soares efetuando disparos contra os policiais. Entreatno, os agentes conseguiram conter o bando e prederam os suspeitos.

O delegado da DAS, Rommel Kerth, informou que os suspeitos costumavam abordar as vítimas com violência, sempre ameaçando-as com arma de fogo, podendo até terem assasinado alguma no momento da ação. "Nós temos suspeitas fortíssimas de que eles tenham agido em eventos que culminaram na morte de vítimas". 

Ainda conforme Kerth, o grupo era articulado na maneira de agir. "Eles atuavam principalmente no horário de 17h30 em diante, que é geralmente o momento em que as pessoas saem do expediente e estão indo para casa e passam para comprar alguma coisa [no supermercado]", ressaltou.

O delegado enfatizou que eles escolhiam as vítimas de acordo com os objetos que avistavam elas portando. A suspeita é de que o grupo praticasse os assaltos desde o fim do ano passado.

Presos

Entre os presos, estão: Davi Ferreira da Silva, de 20 anos e sem antecedentes criminais; Antônio Mayk Carvalho Ribeiro, 22, com passagem pela polícia por posse ilegal de arma de fogo; Felipe Costa de Lima, 23, também com passagem por porte de arma e roubo; e Luan Michael Holanda Cabral, 22, também com passagem por porte de arma. Os quatro foram autuados em flagrantes pelos crimes de organização criminosa, roubo a pessoa e tentativa de homicídio.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.