Polícia desarticula quadrilha responsável por homicídios em Fortaleza e Região Metropolitana - Polícia - Diário do Nordeste

Polícia desarticula quadrilha responsável por homicídios em Fortaleza e Região Metropolitana

00h00 | 30.12.2013

Após investigações sigilosas, a Polícia Civil desarticulou uma quadrilha responsável por vários homicídios em Fortaleza e Região Metropolitana. Na ação, 8 pessoas foram presas na ação e apreendido um arsenal utilizado na prática dos crimes. 

Com grupo foi apreendido um arsenal, entre elas, de uso exclusivo da Polícia Foto: Fernando Barbosa

As prisões ocorreram no centro de Caucaia e em uma fazenda na zona rural da cidade. O primeiro grupo foi preso no Centro, entre eles, Antônio Gerlando Sampaio Viana de 29 anos, vulgo "Toinho das armas" considerado o chefe da quadrilha. Ele responde a dois processos por tráfico de drogas e 5 por homicídios.

Na mesma ação, também foram presos Valdei Rufino Libanio de 20 anos, o "Dei" que responde por tráfico de drogas, homicídio e estava foragido do 20º DP desde abril e Francisco Jacinto Ferreira das Flores de 23 anos que responde por dois homicídios. A Polícia encontrou com o trio duas pistolas, uma de uso restrito das forças policiais e vasta munição.

Segundo o delegado Márcio Gutierrez, a quadrilha atuava em diversas modalidades criminosas, entre elas, homicídio, tráfico de drogas, roubo a bancos e o tráfico de armas. A Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) descobriu que o "Toinho" fornecia as armas apreendidas para outras quadrilhas.

Também foram presos em uma fazenda Alexandre Nascimento da Silva de 31 anos, que responde por porte ilegal de arma, crime de trânsito, roubo e ameaça, e Antônio Carlos Sousa Gomes sem antecedente criminal. A quadrilha costumava se reunir e planejar ações criminosas no local.

Arsenal apreendido

Na fazenda foram apreendidas 4 espingardas, sendo uma de calibre 12, uma de calibre 36, uma de ar comprimento e uma tipo socadeira. Além de uma pistola cal 380, revólver magnum 357, uma carabina cal ponto 30, tipo Magal de fabricação israelense, diversas munições de vários calibres e carregadores de pistolas. Também foram apreendidos uma balança de precisão, cocaína, aparelhos celulares, relógios, joias e R$ 20 mil.

De acordo com a Polícia Civil, uma semana antes da operação, foram presos Francisco Cilas de Moura Araújo de 37 anos que responde por 3 homicídios, porte ilegal de arma e formação de quadrilha, Leonardo Chaves Gomes de 18 anos e Francisco Rafael da Silva de 23 anos.

A operação foi coordenada pelo delegados Luiz Carlos Dantas e Márcio Gutierrez e contou com a participação de 20 inspetores da Polícia Civil.

Comente essa matéria


Editora Verdes Mares Ltda.

Praça da Imprensa, S/N. Bairro: Dionísio Torres

Fone: (85) 3266.9999