Ônibus capota e deixa vítimas em Canindé - Polícia - Diário do Nordeste

Acidente

Ônibus capota e deixa vítimas em Canindé

Veículo fazia o trajeto de Boa Viagem para Fortaleza

09:40 · 18.05.2014 por Redação Web
De acordo com a PRF, existem confirmações de mortes e vários feridos, mas ainda não se sabe o número exato

Atualizada às 13h40

Um ônibus da viação Princesa dos Inhamuns capotou, na manhã deste domingo (18), no km 303 da BR-020, próximo ao município de Canindé. Segundo a polícia local, o veículo fazia o trajeto de Boa Viagem para Fortaleza, quando uma moto freou na sua frente, e, ao tentar desviar, o motorista perdeu o controle do volante. A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) confirmou que 18 pessoas morreram no acidente.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) informou que todas as vítimas lesionadas foram socorridas. Segundo a PRF,  a maioria das pessoas feridas sofreu lesões graves. O teste do bafômetro feito com o motorista deu negativo, conforme a PRF.

A viação Princesa dos Inhamuns informou que o ônibus comporta 46 passageiros, mas 39 lugares estavam ocupados, além de um funcionário e do motorista. Ao todo, 41 pessoas estavam no veículo, que saiu às 7h da manhã deste domingo de Boa Viagem.   

> Internautas repercutem acidente em Canindé

> Viação Princesa dos Inhamuns divulga nota lamentando acidente

> Confira imagens do acidente em Canindé

info
 

Condutor perdeu o controle do coletivo

O motorista do ônibus, que sofreu lesões leves, informou à PRF que um motociclista que seguia à sua frente teria freado bruscamente. Na tentativa de evitar a colisão, o condutor perdeu o controle do veículo, que veio a sair de pista e tombar. 

Segundo a Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer), uma aeronave no local deu suporte ao resgate. Dependendo da gravidade, as vítimas foram encaminhadas para o hospital do município ou para o Instituto Dr. José frota (IJF).

©Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.