Governo descarta anistia aos policiais paralisados

08:33 · 03.01.2012

O governo do Estado do Ceará descarta anistia aos policiais envolvidos na paralisação da Polícia Militar do Ceará, segundo informa uma fonte na Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social do Estado do Ceará. Segundo a fonte na secretaria, o governador deve fazer valer, ainda nesta terça-feira (3), a ordem da Justiça que determina o fim da paralisação dos PMs, iniciada na noite da última quinta-feira (29).

De acordo com a fonte na secretaria, na madrugada desta terça-feira uma tropa do exército já foi ao prédio da 6ª Companhia do Batalhão da Polícia Militar de Fortaleza, no bairro Antônio Bezerra - onde os policiais militares que participam do movimento estão concentrados - com o propósito de retomar o edifício, mas o comando de greve não cedeu. Para evitar confronto, os oficiais do exército recuaram.

Ainda segundo outra fonte na secretaria, na noite de segunda-feira (2) até a manhã desta terça-feira, já foram registrados dez homicídios e 48 roubos de veículos.

O Diário do Nordeste Online tentou entrar em contato com as assessorias do Governo do Estado e da Secretaria de Segurança, mas nenhum telefonema foi respondido.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.