RMF

Ex-aluno é assassinado dentro de escola pública em Horizonte

Policiais militares foram acionados para a escola, onde isolaram a área, à espera da chegada da Pefoce e da Polícia Civil

15:04 · 16.05.2018 / atualizado às 17:36

Um adolescente de 15 anos foi assassinado a tiros no pátio interno da Escola Municipal de Ensino Fundamental (EMEF) José Eduardo de Sousa, no Município de Horizonte, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), na tarde desta quarta-feira (16); ele era ex-aluno da instituição de Ensino. O crime foi confirmado pela Polícia Militar de Horizonte. 

De acordo com a PM, um homem em uma motocicleta, de capacete e viseira, desceu do veículo e disparou contra o adolescente, que estava na entrada da escola. Com a intenção de fugir do executor, já atingido, o jovem fugiu para dentro do colégio e foi assassinado no pátio interno da instituição. A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) disse que a abordagem contra o adolescente foi feita por dois homens. A unidade de ensino fica localizada na Rua Maria Luiza Noronha, no bairro Zumbi. 

O assassinato aconteceu por volta de 13h30 e assustou os alunos que estavam presentes na escola. Segundo a PM, os diretores o conheciam por ex-aluno e ele estudava no local até o ano passado. Em razão de o homem estar com o capacete escuro, as autoridades policiais não conseguiram identificá-lo. Há câmeras de monitoramento nas proximidades, contudo, não chegam até as proximidades da escola.

Policiais militares foram acionados para a escola, onde isolaram a área, à espera da chegada da Perícia Forense do Ceará (Pefoce) e da Polícia Civil. Segundo a SSPDS, diligências estão sendo realizadas para a localização dos autores do crime. A investigação é comandada pela Delegacia Municipal de Horizonte.

Crimes em escolas no Ceará

Pelo menos dois homicídios semelhantes a este foram registrados no Ceará, neste ano. No dia 4 de abril, um estudante de 17 anos de idade foi morto a tiros dentro da Escola de Ensino Fundamental e Médio Eunice Weaver, em Maranguape.

Cinco dias depois, no dia 9 de abril, um estudante da Escola de Ensino Fundamental e Médio Presidente José Sarney, em Caucaia, foi morto aos 15 anos, fardado, no caminho para a unidade de ensino. Segundo a Polícia Militar, ele foi assassinado por engano, pois o alvo real dos criminosos era o primo da vítima.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.