Crime organizado

Doze integrantes da GDE são presos em operação em Pindoretama

Quadrilha foi detida com seis armas de fogo, dezenas de munições, droga e mais de R$ 200 mil em espécie

Nove celulares também foram apreendidos, com a quadrilha ( Foto: VCrepórter )
09:27 · 11.01.2018 / atualizado às 12:19

Doze integrantes* da facção criminosa Guardiões do Estado (GDE) foram presos em uma operação conjunta do Ministério Público do Ceará (MPCE) e da Polícia Militar, no Município de Pindoretama (a cerca de 51 km de distância de Fortaleza), na última quarta-feira (10).

Os batalhões da PM Comando Tático Rural (Cotar) e Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) participaram das prisões. Segundo uma fonte do Cotar, a operação foi montada para cumprir mandados de busca e apreensão contra a organização criminosa.

Durante o cumprimento dos mandados, o MPCE e a Polícia Militar prenderam 12 suspeitos em flagrante, na posse de um total de seis armas de fogo, munições, mais de 1,5 kg de droga e uma quantia superior a R$ 200 mil em espécie.

As armas de fogo apreendidas foram duas espingardas calibre 12, duas pistolas calibre 380, uma pistola 9 mm e outra pistola Ponto 40. O grupo possuía 90 munições para pistola calibre 380, 28 munições para revólver calibre 38, 15 munições para espingarda calibre 12 e 14 munições para pistola calibre 9mm.

A maior parte da droga era maconha, 1,5 kg. Também foram apreendidas 204 gramas de crack. Chamou atenção da Polícia a quantidade de dinheiro em espécie encontrada com o bando. R$ 200 mil estavam apenas na residência do suspeito conhecido como 'Zé do Otávio', e mais R$ 6,5 mil estavam em uma vila.

A quadrilha foi levada à Delegacia Metropolitana de Pindoretama, da Polícia Civil, para ser autuada pelos crimes cometidos.

*A Polícia Militar havia anunciado a prisão de dez homens, mas o Ministério Público divulgou a detenção de mais dois, totalizando 12 presos.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.