Investigação

CGD instaura procedimento contra PMs por suspeita de facilitação de fuga de preso

A fuga do detento aconteceu de dentro de uma unidade hospitalar na Capital

A CGD instaurou sindicância administrativa, publicada em portaria no Diário Oficial do Estado (DOE) ( Foto: Kléber A. Gonçalves )
10:51 · 02.04.2018 / atualizado às 10:52

A Controladoria Geral de Disciplina dos Órgãos de Segurança Pública e Sistema Penitenciário (CGD) instaurou procedimento contra dois policiais militares, suspeitos de facilitarem a fuga de um preso que estava em um hospital, em Fortaleza.

A medida foi determinada no último dia 15 de março e publicada em portaria no Diário Oficial do Estado (DOE), na última terça-feira (27).

Conforme a publicação, os PMs são suspeitos de facilitarem a fuga de um preso que estava recebendo atendimento médico no Hospital Frotinha de Antônio Bezerra, no dia 16 de agosto do ano passado, por volta das 22h10.

A CGD instaurou sindicância administrativa, com a alegação de que o suposto fato viola os valores militares e os deveres militares, configurando transgressões disciplinares.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.