No Vila Velha

Capturados mais dois suspeitos pelas mortes de três mulheres em mangue do Rio Ceará

Jeilson Lopes Pires, de 21 anos, e uma adolescente de 17 anos foram apontados como suspeitos; ambos moravam no bairro onde ocorreram os homicídios

15:49 · 15.03.2018 / atualizado às 16:00
polica
A polícia apresentou detalhes das prisões na tarde desta quinta-feira (15), na Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) ( FOTO: Diário do Nordeste )
jeilson
Com a prisão, Jeilson deverá responder por homicídio, ocultação de cadáver e corrupção de menor ( Divulgação )

Foram presas mais duas pessoas envolvidas no crime que deixou três mulheres mortas no mangue do Rio Ceará, entre Caucaia e Fortaleza, na região do bairro Vila Velha, no último dia 3 de março. Os detalhes foram apresentados pela Polícia Civil, na tarde desta quinta-feira (15).

Jeilson Lopes Pires, de 21 anos, e uma adolescente de 17 anos foram apontados como partícipes das torturas e execuções das vítimas. Ambos moravam no bairro onde ocorreram os homicídios e integram um grupo criminoso da comunidade dos Gafanhotos.

O adulto, que já possui passagem pela polícia por crime contra a Administração Pública, confessou participação no grupo. Investigações apontam que ele estava presente no crime.

Com a prisão, Jeilson deverá responder por homicídio, ocultação de cadáver e corrupção de menor.

Já a adolescente, que também tinha passagem pela polícia por crime contra a administração pública, negou fazer parte da quadrilha. Porém, evidências econtradas pela polícia fizeram com que fosse instaurado um ato infracional análogo ao crime de homicídio, na Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA).

Prisões

Suspeitos de envolvimento no crime, já estavam presos Bruno Araújo e Júlio César Clemente da Silva. Ambos são responsáveis pela participação direta na execução de Darcyelle Ancelmo de Alencar, Ingrid Teixeira Ferreira e Nara Aline Mota de Lima.

No dia 6 de março, quatro suspeitos também foram capturados, sendo que somente um, indentificado por Diego Alves Fernandes, cofessou que presenciou as execuções.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.