Violência

3 homens morrem em confronto com policiais do Cotar em Orós

Com os suspeitos, os policiais do Batalhão de Choque apreenderam 3 pistolas de calibres ponto 40,45 e 380 e dezenas de munições intactas

13:54 · 03.01.2018 / atualizado às 17:50
Ação em Icó
Na ação, 3 suspeitos foram mortos ( Foto: Richard Lopes )

Orós - Por volta das 6 horas desta quarta-feira (03), policiais militares do Cotar de Orós receberam uma denúncia dando conta de que, em uma casa no sítio Montante, pessoas em atitudes suspeitas estariam escondidas em uma residência. Quando os militares se aproximaram, foram recebidos a bala, ocorrendo um confronto.

Após o tiroteio, 3 homens morreram: Carlos Bezerra Gomes, de 21 anos, natural de Jaguaribe, residente no bairro Curralinho; Raimundo Nonato Rodrigues Nunes, 23 anos, natural de Icó, residente no Posto Continental; e Lucas De Freitas Pereira, de 23 anos, conhecido por Luquinha, residente na rua do Cruzeirinho.

Com os suspeitos, os policiais do Batalhão de Choque apreenderam 3 pistolas de calibres ponto 40,45 e 380 e dezenas de munições intactas e deflagradas com 5 carregadores.

Três mulheres que estavam com os homens mortos foram conduzidas à Delegacia Regional de Polícia Civil de Icó e apresentadas ao delegado Erlon Leite Fernandes dos Reis para procedimento.

Carro e moto apreendidos

Um carro Astra com placa de Feira de Santana na Bahia que havia sido tomado de assalto na noite dessa terça-feira (02) na ponte Piquet Carneiro de Icó, por uma dupla de moto, foi apreendido, além de uma motocicleta que estava em poder da quadrilha. 

Os mortos são os principais suspeitos de uma série de crimes em Icó. No último dia 22 de outubro do ano passado, a funcionária pública municipal Maria das Graças Pinheiro do Monte, de 49 anos, foi fuzilada com dezenas de tiros de pistola por uma dupla de moto em frente a sua residência na rua do Matadouro. Maria teria sido morta pelo fato de ter amizade com a polícia. Os matadores fugiram na época após matar Maria das Graças.

Outro crime atribuído aos suspeitos mortos é o do comerciante Cleriston Paulo Bezerra Batista, conhecido por Bombom. O comerciante foi morto a tiros de pistola dentro de seu estabelecimento e toda ação foi captada por câmeras. Bombom tinha 32 anos de idade. Seus algozes fugiram atirando. 

Outra morte que pesa contra o trio é a do agropecuarista Raimundo Pequeno Landim, de 53 anos, conhecido por Raimundinho. Ele foi eliminado com vários tiros de pistola no último domingo, dia 31, na rua Ilídio Sampaio, quando aguardava com familiares a passagem de ano. Os matadores deixaram uma moto em um beco, foram em direção a vítima abrindo fogo para fugir em seguida. 

Todas as mortes estão sendo investigadas pelo delegado de Icó que pretende descobrir as motivações bem como os mandantes. 

Com informações de Richard Lopes.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.