Em Quixeramobim

Oito suspeitos de tráfico de drogas detidos em operação

Nove armas de fogo, mais de R$ 20 mil, munições, telefones celulares e ainda sete pássaros exóticos da fauna brasileira foram apreendidos pela Polícia
01:00 · 11.08.2017

Quixeramobim. Uma operação comandada pela Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) foi deflagrada na manhã de ontem, neste Município, no Centro do Estado. A ação policial culminou com a prisão em flagrante de oito pessoas e com a apreensão de nove armas de fogo, mais de R$ 20 mil, munições, telefones celulares e ainda sete pássaros exóticos da fauna brasileira.

Segundo o titular da Delegacia Municipal de Quixeramobim, delegado André Firmino, o alvo principal da 'Operação Narcos' era Ulisses Crisóstomo Fernandes, conhecido como 'Irmão Doido', 27. Apontado como membro da facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC), ele foi preso e conduzido a Fortaleza pela equipe da Divisão de Combate ao Tráfico de Drogas (DCTD), da Polícia Civil.

'Irmão Doido' é investigado por adquirir produtos oriundos de roubo e revendê-los em comércios do Município. Ele é parente de outro suspeito, que não foi localizado e é proprietário de uma mansão na cidade. No imóvel, incluído na relação dos mandados de busca, foram apreendidos três veículos de luxo.

Troca de tiros

Em um dos imóveis abordados, os policiais foram recebidos a bala por suspeitos, que estavam com uma escopeta calibre 12. Conforme o delegado Firmino, os autores dos disparos foram presos e identificados como Francisco Gleyson Crisóstomo Fernandes, 34, e Glailson Crisóstomo Fernandes, 26. Os irmãos foram autuados por tentativa de homicídio e porte ilegal de arma de fogo. No imóvel, também foi apreendido R$ 23 mil em espécie.

Os outros presos durante a operação foram Clebiano Barbosa de Sousa, 25; Wellington Ferreira de Queiroz, 20; Antonio Fernando Soares Brilhante, 54; Michael Sylvestre, 21; Danilo Vitor de Araújo, 22; e Luís Nogueira dos Santos, 25. Todos teriam relação com o 'Irmão Doido', de acordo com a Polícia.

Entre as armas de fogo apreendidas estão três revólveres, uma pistola, três rifles e duas escopetas. Todas serão periciadas sob a suspeita de estarem vinculadas a crimes de morte. Um simulacro de pistola também foi apreendido. Os policiais ainda encontraram um rádio de comunicação semelhante ao da Polícia, que estava sendo utilizado por traficantes para monitorarem as ações policiais na Região, segundo o delegado André Firmino.

Efetivo

Segundo a SSPDS, 140 profissionais de segurança, das polícias Civil e Militar, Corpo de Bombeiros e Perícia Forense do Ceará, em 45 viaturas, participaram da operação. O secretário da Segurança Pública André Costa esteve presente no cumprimento de 37 mandados de busca e apreensão, que tiveram, como alvos, imóveis e comércios pertencentes a pessoas suspeitas de participação em delitos; e ainda sete mandados de prisão.

A operação foi concluída com revistas na Cadeia Pública de Quixeramobim, onde foram apreendidos 43 aparelhos celulares, 21 trouxinhas de cocaína e quatro pedras de crack. (Colaborou Alex Pimentel)

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.