envolvimento com tráfico

Motorista de aplicativo é morto

01:00 · 07.09.2018
POLÍCIA CIVIL
Equipes do DHPP deram detalhes das investigações, em uma entrevista coletiva, ontem ( FOTO: RICARDO GADELHA )

Um motorista cadastrado em um aplicativo de transporte, que estava desaparecido, foi encontrado morto, após se envolver com uma quadrilha de traficantes de drogas. Conforme o Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), o corpo de Ricardo Campina Barbosa foi achado, na terça-feira (4), dentro de uma residência, no bairro Papicu. Mais duas pessoas ligadas ao bando foram executadas, após o homicídio.

De acordo com a titular da 10ª Delegacia da DHPP, Ana Vitória, Ricardo realizava cobranças de dívidas para Samuel de Freitas Lima, que está preso por tráfico. Ele teria ido até a residência para pegar dinheiro de um usuário de drogas, que estava devendo ao detento, quando foi executado.

A Polícia identificou quatro suspeitos do homicídio: Abnoam Avelino Vieira, o 'Pato Rouco', 47; Robério de Souza Marciano, o 'Mauro Perneta'; Ian Saraiva de Souza, 18; e um adolescente. Equipes das Polícias Civil e Militar capturaram 'Pato Rouco', na quarta-feira (5).

Abnoam Vieira confessou o homicídio. 'Mauro Perneta' e Ian Saraiva foram encontrados mortos, anteontem. O adolescente não foi localizado. "'Pato Rouco' tinha uma desavença com Samuel, porque ele era apontado como homicida de seu sobrinho. Mauro devia um alto valor ao Samuel. Os dois se juntaram e mataram o Ricardo para atingir o Samuel. Ian e adolescente ajudaram", explicou Vitória.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.