Mais dois adolescentes são assassinados e outro ferido - Polícia - Diário do Nordeste

VIOLÊNCIA

Mais dois adolescentes são assassinados e outro ferido

09.07.2012

O corpo do adolescente Francisco Cleílton de Sousa, 15, foi encontrado em uma vala, no bairro Jangurussu

Dois adolescentes de 15 anos e um rapaz de 19 de mortos e outro garoto de 16 baleado. Esse foi o resultado das cenas de violências protagonizadas por traficantes de drogas durante a tarde de ontem, em três bairros da periferia de Fortaleza, situados na Zona Sul da Capital.

Em uma travessa, na Vila São Paulina, no bairro Boa Vista, a Polícia localizou o corpo franzino do garoto Antônio Gilberto Vieira Júnior, 15 fotos: Alcides Freire


O primeiro crime ocorreu no bairro Jangurussu. Em uma vala, localizada no antigo aterro, moradores encontraram o corpo de Francisco Cleílton de Sousa, 15, que foi atingido por, pelo menos, quatro tiros.

De acordo com o sargento PM Carlos, da 1ª Companhia do 6º BPM (Maraponga), além dele, outro adolescente, identificado como Erisson Ferreira da Silva, 16, foi atingido pelos tiros, mas sobreviveu e foi levado para o hospital.

O militar afirmou que ninguém revelou detalhes sobre as características dos acusados do crime e nem se eles estava a pé ou em algum veículo. "Aqui ninguém fala nada. Todo mundo tem medo. O que a família do Francisco Cleílton disse é que ele era usuário de drogas e que isso pode ter motivado o crime", disse o PM.

Franzino

O corpo franzino, caído de bruços em uma travessa na Vila São Paulina, bairro Boa Vista, parecia o de uma criança. No entanto, o cadáver era do adolescente Antônio Gilberto Vieira Júnior, 15. Ele foi baleado e morto por bandidos na vila, situada na Rua Quatro Irmãos. O crime ocorreu a cerca de 500 metros do 16º DP (Dias Macedo).

Inicialmente, as patrulhas do Ronda do Quarteirão que chegaram ao local, imaginavam que a vítima era uma criança devido ao corpo franzido do garoto. O rapaz só foi identificado pela mãe, minutos depois.

A Polícia não sabe o que motivou o crime, mas acredita que o assassinato tenha ligação com o tráfico de drogas, pois o local onde Gilberto foi executado é conhecido como ponto de vendas de entorpecentes.

Também na tarde de ontem, na Rua D, do Conjunto Patativa do Assaré, na Grande Messejana, Webster Mariano da Silva, 19, foi morto em um tiroteio entre gangues rivais daquele conjunto e do Maria Tomázia. Testemunhas disseram à Polícia que os acusados do crime fugiram em uma moto.

Comente essa matéria


Editora Verdes Mares Ltda.

Praça da Imprensa, S/N. Bairro: Dionísio Torres

Fone: (85) 3266.9999