Fechada clínica de aborto situada no Bairro Ellery - Polícia - Diário do Nordeste

Combate à Exploração

Fechada clínica de aborto situada no Bairro Ellery

06.12.2006

Uma equipe da Delegacia de Combate à Exploração da Criança e do Adolescente (Dceca), comandada pela delegada Ivana Timbó, fechou ontem à tarde uma clínica de aborto localizada na Rua Chastinet Guimarães, no Bairro Ellery. A dona da casa onde eram realizados os abortos foi presa, bem como farto material para os procedimentos apreendido. Na tarde de anteontem, a delegada recebeu um mandado de busca e apreensão para a residência, expedido pela juiz Maria Ilna Lima de Castro, da 12ª Vara Criminal, solicitando brevidade no seu cumprimento, pois havia indícios que lá estariam ocorrendo de abortos.

No início da manhã de ontem, três inspetores e a delegada-substituta Willita Maria Alves Pereira estiveram no local e apreenderam farto material que era usado para intervenções abortivas. “Quando nossos policiais chegaram ao endereço, abordaram a dona da residência, e ela entregou o material que estava ali, mas como não estava havendo nenhuma cirurgia, não houve prisão em flagrante”, explicou a delegada Ivana Timbó.

Comente essa matéria


Editora Verdes Mares Ltda.

Praça da Imprensa, S/N. Bairro: Dionísio Torres

Fone: (85) 3266.9999