MARANGUAPE

Dupla é capturada pela PM após tentar assaltar banco

01:00 · 02.06.2018
foto
Cerca de oito funcionários estavam na instituição financeira, quando a abordagem foi realizada, e as vítimas foram feitas de reféns pelo bando

Dois homens foram presos, na manhã dessa sexta-feira (1º), após uma tentativa de assalto a uma agência do Banco do Brasil, no Município de Maranguape, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF). Durante a ação, os criminosos renderam os vigilantes e fizeram os funcionários do banco de reféns.

De acordo com informações do comandante da Área Integrada de Segurança (AIS) 12, tenente-coronel Océlio Alves, ao entrarem na agência, os suspeitos renderam os dois vigilantes que trabalhavam no local, no momento da ação, tomando a arma de um deles. Cerca de oito funcionários estavam na instituição financeira, quando a abordagem foi realizada e as vítimas foram feitas de reféns pelo bando. 

A Polícia Militar foi acionada e equipes do policiamento ostensivo de Maranguape realizaram um cerco no local. Na operação, uma equipe da PM entrou na agência e rendeu os bandidos, que entregaram as armas roubadas dos vigilantes.

Os homens ainda deixaram dentro da agência um artefato explosivo. Militares do Grupo de Ações Táticas Especiais (GATE) foram acionados e realizam os procedimentos para desarmar a emulsão e um estopim.

Com os criminosos foram apreendidas duas armas de fogo, sendo uma pistola, calibre 380; e uma pistola, calibre nove milímetros, além de um revólver, calibre 38, pertencente a um dos vigilantes. 

De acordo com o Sindicato dos Bancários do Ceará, o Estado já registrou treze ataques a agências bancárias, somente neste primeiro semestre de 2018. O município de Santa Quitéria, localizado na Região Central do Estado, foi alvo de criminosos duas vezes neste ano. Uma agência do Banco do Brasil e outra do Bradesco foram atacadas nos dias 15 de abril, e 6 de março, respectivamente. 

Fortaleza registrou um ataque a banco, em 30 de janeiro desse ano. Na ação, três homens foram detidos após furtarem uma agência bancária, no bairro Aldeota, durante a madrugada. Ao violar os caixas eletrônicos do Banco Santander, da Avenida Santos Dumont, os alarmes da agência foram acionados.

‘Saidinhas’ 

A ‘Capital’ também registrou várias ‘saidinhas’ bancárias. No dia 26 de janeiro último, um destes casos se deu em uma agência da Caixa Econômica, localizada na Avenida 13 de Maio, no Bairro de Fátima, e terminou na prisão de um suspeito, dentro da Igreja de Nossa Senhora de Fátima. 

Segundo policiais militares, ele tentava se passar por mais um fiel, porque, naquela hora, acontecia a missa diária. Com o criminoso foi apreendida uma bolsa que continha o dinheiro do saque, no valor de R$ 30 mil.

Outra ‘saidinha’ aconteceu no 23 de abril desse ano, quando o diretor de Esportes Amadores e Olímpicos do Fortaleza Esporte Clube, Roberto Mamede Studart Soares, acabou sendo baleado e não resistiu ao ferimento. Testemunhas relatam que Beto Studart, como era conhecido, havia feito um saque, no Banco do Brasil da Avenida Santos Dumont, quando foi abordado e baleado na saída da agência.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.