jaguaruana

Detentos fazem rebelião em Cadeia

01:00 · 10.04.2018

Uma rebelião na Cadeia Pública de Jaguaruana, a cerca de 185Km de Fortaleza, foi registrada na manhã de ontem. O objetivo do grupo responsável pela ação seria matar detentos que respondem a crimes sexuais, como estupro.

A Secretaria da Justiça e Cidadania (Sejus) afirmou que a ação criminosa foi um "princípio de motim" e informou que "alguns internos foram encaminhados ao hospital para atendimento, mas já retornaram à Cadeia" e não correm risco de morte. De acordo com a Pasta, nenhum dos internos foi feito refém.

Agentes penitenciários do Grupo de Ações Penitenciárias (GAP) e policiais militares entraram no equipamento e controlaram a situação por volta das 12h.

De acordo com um policial civil de Jaguaruana, que preferiu não se identificar, pelo menos três celas foram quebradas pelos detentos. A Sejus confirmou o dano material, mas não revelou qual a extensão do prejuízo. Após o motim, deve haver transferências de presos nos próximos dias.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.