apreendido pela prf

Criminosos monitoravam veículo com drogas por GPS

01:00 · 10.07.2018
dois homens presos trafegavam
Os dois homens presos trafegavam em um Fiat Strada, de placas de Recife (PE), e foram abordados no quilômetro 159 da BR-116 ( FOTO: DIVULGAÇÃO/PRF )

O veículo que trazia 112 kg de maconha, de Pernambuco para o Ceará, era monitorado pelos receptadores da droga, através de GPS (Sistema de Posicionamento Global). Dois homens que realizavam o transporte de entorpecentes foram presos em abordagem de rotina da Polícia Rodoviária Federal (PRF), na BR-116, no Município de Russas, na manhã de ontem.

Segundo o delegado da Regional de Russas, da Polícia Civil, Michael Lessa, os receptadores aguardavam a droga em Chorozinho (a cerca de 100 km de distância de onde aconteceu a apreensão) e ainda não foram identificados. A Polícia investiga também se o transporte dos entorpecentes foi realizado por alguma facção criminosa que atua nos dois estados.

Os dois homens presos trafegavam em um Fiat Strada, de placas de Recife (PE), e foram abordados no quilômetro 159 da BR-116, por volta de 7h, ao levantarem suspeita dos policiais rodoviários federais. O veículo carregava sacas de cebola, por cima dos pacotes de maconha, para esconder a droga. "Diante da evidência que o carro apresentava aparência de ser clonado, começaram a averiguar o carro e descobriram que era roubado. Viram também que havia uma pequena quantidade de cebola, que não condizia com o transporte realizado, em um trajeto muito longo', contou o delegado Lessa.

De acordo com informações da PRF, o veículo tinha sido roubado em Recife, em março do ano passado. Os suspeitos contaram à Polícia que vinham de Orocó (PE), terra natal de ambos, e apenas um deles assumiu ter conhecimento do transporte de entorpecentes.

Conforme Lessa, Francisco Inácio da Silva, de 51 anos de idade, sem antecedentes criminais, revelou que tinha recebido R$ 2 mil para fazer a entrega da droga no Ceará e, deste dinheiro, daria R$ 600 para o seu acompanhante de viagem.

Já Francinaldo de Souza Alves, 28, com passagem pela Polícia por tráfico de drogas, garantiu, em depoimento às autoridades policiais, que não sabia da presença de pacotes de maconha, por baixo das sacas de cebola. Os dois suspeitos detidos, a droga e o veículo apreendidos foram levados para a Delegacia Regional de Russas, para abertura de inquérito policial. A dupla foi autuada pelos crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico, receptação e também por uso de documento falso.

Destaque

Essa é a segunda maior apreensão de drogas realizada pela Polícia Rodoviária Federal, nas estradas no Ceará, neste ano, segundo a assessoria de comunicação do órgão. A maior apreensão foi de 164 kg de maconha, no Município de Pedra Branca, no dia 25 de abril.

A ocorrência resultou na prisão de seis suspeitos, entre responsáveis pelo transporte da droga e receptadores, em operação conjunta da PRF e da Polícia Federal (PF), no Interior e na Capital. Além da droga, as Forças de Segurança federais apreenderam R$ 2,5 mil em notas falsas. Todo o material ilícito era proveniente do Paraguai, de acordo com a Polícia.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.