neste fim de semana

Capital e RMF registram 32 pessoas executadas

O número subiu em relação ao fim de semana passado, quando foram contados 17 homicídios

No bairro Parque das Nações, em Caucaia, Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), Iuri Alves Maciel da Silva, de 22 anos, foi executado a tiros ( Foto: VC Repórter )
01:00 · 20.03.2017
Na Rua 7 de Setembro, bairro Cristo Redentor, Bruno César Matos Gomes, 24, morreu e um amigo dele, que seria o alvo dos atiradores, foi baleado ( Foto: VC Repórter )
O jovem Artur Marques de Sousa, 18, foi morto no bairro Castelo Encantado. Três homens a pé cercaram o jovem e efetuaram os disparos contra o rapaz

Um aumento representativo no número de homicídios foi registrado nesse fim de semana, em Fortaleza e Região Metropolitana. De sexta-feira (17) até às 21h de ontem aconteceram 32 execuções. No fim de semana passado (dia 10 até às 21h do dia 12) foram 17 mortes. O aumento foi de 88,2 %. O dia com o maior número de registros foi o sábado (18), quando houve 16 ocorrências, duas delas com mais de uma vítima. Na sexta-feira (17) aconteceram 11 mortes e ontem foram cinco.

Dentre as vítimas dos homicídios do fim de semana está o cabo da Polícia Militar Luís Carlos Ribeiro de Araújo, 49, baleado, sábado, em sua casa, no bairro Eldorado, em Caucaia. O militar estava na Reserva Remunera. De acordo com o tenente-coronel Jander Bernardo, responsável pela Área Integrada de Segurança 7, três homens invadiram a casa do PM e dispararam contra ele. A Polícia trabalha com algumas linhas de investigação, mas acredita que a vítima era o alvo dos criminosos.

Duplos

Dois duplos homicídios aconteceram no sábado (18), nos bairros Benfica e Álvaro Weyne. Equipes da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) e da Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce) estiveram nos locais e realizaram levantamentos sobre os crimes.

De acordo com a SSPDS, por volta das 19h10, nas proximidades da Avenida Imperador, Benfica, José Danilo Simões Pereira, 35, e Antônio Djavan de Lima Costa, 33, foram mortos a tiros, por suspeitos que se aproximaram em um carro e uma motocicleta e fecharam um beco conhecido como 'Buraco da Gia', onde as vítimas estavam.

Cerca de 40 minutos depois, outro duplo homicídio ocorreu, no bairro Álvaro Weyne. Três jovens estavam na Rua Luís Guimarães quando foram surpreendidos pelos executores. Luan Felipe Vieira, 22, correu para casa, mas morreu na residência. Francisco David Vieira da Silva, 21, levou três tiros e foi socorrido em estado grave. Já Gabriel da Costa Ferreira, 18, foi perseguido e acabou morto a tiros.

De ontem

Ontem, foram registrados mais cinco homicídios. O primeiro caso foi o de Artur Marques de Sousa, 18, no bairro Castelo Encantado. Três homens a pé cercaram o jovem e efetuaram os disparos. A Pefoce encontrou 27 lesões no corpo da vítima. O crime pode ter sido motivado por uma briga de torcidas organizadas. No Caça e Pesca, um rapaz foi morto dentro de um veículo.

Em seguida, Iuri Alves Maciel da Silva, 22, bandidos mataram Parque das Nações, em Caucaia. Algumas horas depois, Bruno César Matos Gomes, 24, morreu e um amigo dele, que seria o alvo dos atiradores, foi baleado, no bairro Cristo Redentor. Durante à noite, uma pessoa foi morta, na Rua Rosalvo Quinderé, no bairro Quintino Cunha.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.