RONDA DO QUARTEIRÃO

Cabo PM morre em desastre na BR-116

01:50 · 22.02.2011
( )

Um grave acidente envolvendo uma viatura do Ronda do Quarteirão (Batalhão de Policiamento Comunitário) e um caminhão terminou em morte, na noite de ontem, no quilômetro 65 da BR-116, no Município de Chorozinho. O cabo PM Firmino Freitas da Silva, 46, que completaria 26 anos de farda hoje, teve morte trágica ao ficar preso nas ferragens da viatura.

Veja imagens do acidente



O carro da PM, de prefixo RD-1276, do Ronda de Quixeramobim, foi praticamente cortado ao meio pelo caminhão que trafegava no sentido oposto. A patrulha retornava para Quixeramobim enquanto o caminhão seguia na direção Interior/Capital. Segundo informações da Polícia, o motorista do veículo de carga teria tentado uma ultrapassagem ´forçada´ e atingiu a viatura e outro carro.

Morte

O cabo Firmino guiava a Hilux do Ronda e teve morte instantânea. Já o soldado Samuel da Silva Vasconcelos, 25, sofreu vários ferimentos e foi socorrido do local do desastre por uma ambulância do Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu Leste) para o Instituto Doutor José Frota (IJF), onde deu entrada por volta das 20 horas. Segundo os médicos, ele não corre risco de morte.

Os médicos constataram uma fratura no braço direito do policial militar, além de alguns hematomas em diversas partes do corpo, daí a necessidade de internamento para a realização de exames como tomografia. Mesmo assim, o soldado estava consciente ao dar entrada no setor de Emergência do hospital. Vários policiais militares estiveram ali prestando solidariedade ao colega de farda.

Cerca de uma hora depois do desastre, o tráfego no local ainda era lento, segundo a PRF.

O comandante-geral da PM, coronel Werisleik Ponte Matias, esteve no local da colisão. Segundo ele, pelo relato de testemunhas, a viatura trafegava em velocidade considerada normal para aquele trecho - entre 60 e 70 quilômetros por hora.

Ainda de acordo com o oficial, o motorista do caminhão fugiu. O corpo do militar foi encaminhado à Coordenadoria de Medicina Legal, onde será necropsiado nesta manhã.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.