AGORA, EM IBICUITINGA

Bando desafia a Polícia e ataca BB

10:21 · 29.10.2010
( )
Policiais militares ficaram sob a mira das armas do bando e foram obrigados a participar do roubo dos caixas

Ibicuitinga. Menos de 24 horas após o roubo na agência do Banco do Brasil em Banabuiú (a 214Km de Fortaleza) a mesma quadrilha voltou a atacar, também pela terceira vez, a unidade de atendimento do BB em Ibicuitinga (a 189Km da Capital). Dessa vez, os criminosos conseguiram levar o caixa eletrônico do terminal de autoatendimento, instalado na frente da sede da Secretaria de Saúde do Município. O caixa foi levado em uma caminhonete Frontier de cor cinza. Uma L-200 de cor preta dava ´cobertura´.

O bando chegou à cidade por volta de 1h30. Desta vez, os ladrões não tiveram muito trabalho. Após serem surpreendidos e rendidos, três policiais militares e três agentes do programa de segurança pública ´Pró-Cidadania´ foram obrigados a arrancar a grade de proteção do terminal eletrônico e, em seguira, a arrastar o caixa eletrônico e colocá-lo na carroceria da Frontier. Sob a mira de armas de grosso calibre, os policiais e os agentes não puderam esboçar qualquer reação.

As viaturas da PM e do Pró-Cidadania estavam estacionadas defronte ao Polo de Lazer da cidade. Segundo os militares, eles realizavam juntos uma campana para combater o tráfico de drogas. Enquanto faziam a vigilância no local, foram surpreendidos e desarmados. Os bandidos furaram os pneus das viaturas oficiais a faca.

Em seguida, arrancaram o microfone do radiocomunicador da viatura da PM. Eram pelo menos 12 homens na quadrilha, conforme os agentes.

O primeiro ataque à cidade ocorreu no dia 7 de julho e o penúltimo na madrugada de 28 de agosto. Nas vezes anteriores, a quadrilha não conseguiu levar nada, mas causou pânico à população, além de danos no terminal do Banco do Brasil e no posto de atendimento do Bradesco. Dessa vez, obteve êxito. Além do caixa, os ladrões roubaram três pistolas e um fuzil da Polícia Militar. A quadrilha seguiu em fuga pela CE-265, com destino a Morada Nova.

Assaltos

Em três anos, já são 48 assaltos a bancos no Ceará. Foram dez ataques ao longo de 2008, outros 16 em 2009 e, este ano, já são 22. Em 2010, todos os assaltos ocorreram no Interior do Estado. Apenas uma quadrilha foi desarticulada.

A Delegacia de Roubos e Furtos (DRF) segue sem pistas dos criminosos que estão agindo no sertão. A PM mantém o cerco na região do Sertão Central, mas ninguém ainda foi preso.

Virou rotina

22 bancos foram assaltados no Ceará somente neste ano. Em 2008, foram dez casos e em 2009, 16. Bandos aproveitam-se do baixo efetivo policial no Interior e do pouco armamento

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.