Ameaça

Bando ateia fogo em agência dos Correios

01:00 · 24.03.2018

 

Criminosos atacaram uma agência dos Correios, no fim da noite de quinta-feira (22), para ameaçar o governador do Ceará, Camilo Santana, para que os bloqueadores de sinal de telefonia nos presídios não sejam instalados. O ataque aconteceu no bairro Padre Andrade.

Segundo nota da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), a Polícia Militar informou que os suspeitos estavam em um veículo, com apoio de um outro criminoso, em uma moto. “Os envolvidos tentaram violar o prédio, bem como derramaram gasolina na tentativa de incendiar a agência, mas não lograram êxito”, disse a Pasta. 

Segundo a PM, o bando deixou uma carta, nas proximidades, com mensagens de apologia ao crime. Nenhum dos envolvidos foi preso.

Intimidação

A carta redigida pela quadrilha ameaça “caos completo e recessão profunda” no Estado. Os criminosos anteciparam que irão atacar a Assembleia Legislativa (AL), postos de combustíveis, bancos, refinarias, portos, aeroportos, antenas e redes de transmissão de energia.

Há menos de um mês, o presidente do Senado, Eunício Oliveira, também foi alvo de ameaças devido a possibilidade de instalação de bloqueadores. Em abril de 2016, um carro com explosivos foi encontrado ao lado da Assembleia Legislativa.

A SSPDS informou que as investigações acerca do ataque no Padre Andrade são de competência da Polícia Federal. Em contato com a PF, a reportagem foi informada que, até a tarde de sexta-feira (23), o órgão não havia sido acionado. A assessoria da Polícia Federal afirmou que, “sobre a referida ocorrência, não consta nenhum registro de acionamento durante o plantão”.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.