'Alívio', afirma prima de motorista

01:00 · 05.09.2018
Image-0-Artigo-2449305-1
Familiares e amigos de César Augusto e outros moradores percorreram as principais ruas do Município, vestidos de roupas brancas ( Foto: Mateus Ferreira )

A prisão do prefeito Marcelo Arcanjo mexeu com os moradores de Santana do Acaraú. Parte da população participou de uma manifestação, no fim da tarde de ontem, para pedir por Justiça e paz. Uma prima do motorista César Augusto do Nascimento afirmou, em entrevista à TV Verdes Mares, que a maioria da família da vítima começou a se sentir aliviada, ao saber que o político foi detido em Fortaleza.

"A família ainda está consternada com o que aconteceu, abalada. É quase um alívio. Mas a gente sabe que ainda tem muito a acontecer. Esse é apenas o primeiro passo. A gente não sabe se vai ficar assim. A gente só pede que a Justiça realmente seja feita. A gente tem fé, acredita em Deus e sabe que Ele vai, com certeza, trazer as providências para que esse ato seja cobrado da forma certa", pondera a mulher identificada como Ariana.

Leia mais:

Vítima teria falado mal da gestão do prefeito

Familiares e amigos de César Augusto e outros moradores percorreram as principais ruas do Município, vestidos de roupas brancas, portando cartazes e faixas, ao som de músicas religiosas. A manifestação terminou na Igreja Matriz, no início da noite.

"A gente proporcionou uma caminhada, em nome de tudo que vem acontecendo no Município, com o que aconteceu com meu primo. Saímos pelas ruas, colocamos avisos em todas as redes sociais, pedimos um carro para convidar toda a população de Santana do Acaraú, porque nós estamos precisando é de paz e Justiça", enfatiza Ariana.

Prefeitura

Santana do Acaraú segue sendo governada por Marcelo Arcanjo, oficialmente, já que o prefeito pode se ausentar do Município por até 15 dias. Porém, o político pode ter o mandato cassado, como prevê o artigo 4º do Decreto-Lei 201, que cita entre as infrações político-administrativas dos prefeitos municipais "proceder de modo incompatível com a dignidade e o decoro do cargo". Para isso, qualquer cidadão pode entrar com a denúncia. (Colaborou Mateus Ferreira/ TV Verdes Mares)

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.