defesa

'Alemão' depõe sobre tentativa de resgate

01:00 · 13.09.2017

O acusado de liderar o furto ao Banco Central, no ano de 2005, Antônio Jussivan Alves dos Santos, o 'Alemão', depôs, ontem, em um presídio do Estado onde está detido. 'Alemão' apresentou seus argumentos sobre a tentativa de resgate, em que terminou baleado, na madrugada de oito de agosto de 2017.

A advogada criminalista Erbênia Rodrigues, que representa Jussivan Santos, afirmou ter entregue, ontem, a defesa a favor do seu cliente. Erbênia havia sido intimada pela Justiça estadual a apresentar as alegações de 'Alemão'. Por medida de segurança, o presídio onde ele está sendo custodiado e foi ouvido, não foi revelado.

Antônio Jussivan está sendo investigado em um Procedimento Administrativo Disciplinar (PAD) aberto contra ele em consequência da tentativa de resgate. A ação criminosa frustrada aconteceu na Penitenciária Francisco Hélio Viana de Araújo, em Pacatuba. Antônio Carlito Avelino, o 'Boi', e Paulo Laércio Pereira da Silva, o 'Paulo Cabecinha' também iriam fugir. O trio integra a facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC). Todos eles foram feridos durante o tiroteio na Penitenciária.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.