sistema penitenciário

Agente é detido após atirar na rua

Pelo menos, seis policiais civis, três policiais militares e um agente penitenciário do Ceará foram detidos pela DAI, em dezembro de 2017 ( Foto: Fernanda Siebra )
01:00 · 03.01.2018

Pelo menos, seis policiais civis, três policiais militares e um agente penitenciário do Ceará foram detidos pela Delegacia de Assuntos Internos (DAI), da Controladoria Geral de Disciplina dos Órgãos de Segurança Pública e Sistema Penitenciário (CGD), em dezembro de 2017. A prisão mais recente foi a de agente penitenciário, no dia 31 de dezembro de 2017, em Caucaia. Ele estaria dirigindo embriagado e atirado em via pública.

A equipe da DAI foi acionada e efetuou a prisão do agente penitenciário, ainda durante a madrugada. O servidor público foi autuado em flagrante na CGD e encaminhado para o Complexo de Delegacias Especializadas (Code), da Polícia Civil, onde permanece detido.

"Além das providências adotadas, a Controladoria Geral de Disciplina determinou a instauração de um Processo administrativo Disciplinar (PAD). A CGD não divulgou o nome do servidor preso.

Outros casos

Um policial militar, também alcoolizado, foi detido no feriadão anterior, no dia 24 de dezembro. O soldado estava em uma boate, no Centro de Fortaleza, onde discutiu com um segurança do estabelecimento e sacou uma pistola. A PM foi acionada e o soldado agrediu dois sargentos. Após ser controlado, o militar ainda danificou uma viatura. Ele foi autuado em flagrante na CGD.

Um inspetor da Polícia Civil foi preso, no dia 23 de dezembro, em situação semelhante ao agente penitenciário capturado no dia 31. O policial civil dirigia um veículo sob o efeito de álcool e disparava tiros de arma de fogo em via pública, no bairro Presidente Kennedy. Já um escrivão da Polícia Civil foi detido pela DAI e, no dia 21 de dezembro, por usar um veículo clonado, que estava apreendido no 7º DP(Pirambu), para fins particulares.

Os outros agentes da SSPDS foram detidos, durante a deflagração da 'Operação Saratoga', no dia 14 de dezembro, para combater a atuação da facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC), que resultou na prisão de quatro policiais - sendo dois civis e dois militares.

Na 'Operação Vereda, da Polícia Federal, dois inspetores da Divisão de Combate ao Tráfico de Drogas (DCTD), da Polícia Civil, foram detidos em flagrante, no dia 6 de dezembro.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.