Adolescente de 16 anos assassinada em Barbalha - Polícia - Diário do Nordeste

CRUELDADE

Adolescente de 16 anos assassinada em Barbalha

23:51 · 14.08.2011
( )
Crime provocou forte comoção em Barbalha, Região do Cariri ( FOTO: ELIZÂNGELA SANTOS )
Um crime com requintes de crueldade foi cometido contra uma adolescente de 16 anos no sítio ´Venha Ver´, em Barbalha, na Região do Cariri. Érica Vieira Silva foi encontrada dentro de um cacimba de cerca de 15 metros de profundidade, por volta das 9h30 de ontem. Às 14 horas, o corpo foi retirado do local, por uma equipe do Corpo de Bombeiros. A chácara de número 900, onde aconteceu o crime, fica na rua conhecida como ´corredor da AABB´ e se encontra desocupada. Nas portas da residência não havia sinal de arrombamentos.

O principal acusado de cometer o homicídio é outro adolescente, que chegou a confessar o crime para o pai. Segundo a Polícia, o adolescente é suspeito de ser usuário de drogas.

A garota estava desaparecida desde a tarde do último sábado (13). De acordo com o sargento Anselmo Ferreira Duarte, na manhã de ontem a família de Érica procurou a Polícia para comunicar o seu desaparecimento. Conforme a família, a adolescente tinha saído de casa com os documentos e uma mochila.

A jovem sofreu várias escoriações e pancadas, principalmente na cabeça. Ela foi encontrada com roupas, o que pode descartar a possibilidade inicial de Érica ter sido violentada. Havia vestígios de sangue próximo ao poço onde Érica foi atirada.

Segundo o perito da Polícia Civil, Antônio Barbosa, que esteve no local do crime às 16h30 de ontem, foram muitos os ferimentos observados no corpo da garota, inclusive no tronco e nas costas, além de uma perfuração na barriga. Antônio Barbosa afirmou que por conta do grande número de ferimentos pode ter havido a participação de mais de uma pessoa no assassinato.

Érica foi a terceira mulher vítima de assassinato, somente este ano, em Barbalha. Além dela, outras duas pessoas foram mortas na Região do Cariri. Gerson Batista, 39, e Pedro Henrique da Silva, 25, foram assassinados em Juazeiro do Norte.


ELIZÂNGELA SANTOS
REPÓRTER