Maranguape

Acidente mata estudante na estrada

01:57 · 16.08.2012
Durante o feriado em Fortaleza, vários casos de colisões também foram registrados pelas autoridades de trânsito

A colisão entre um caminhão-caçamba e uma motocicleta resultou na morte da estudante Melyssa de Sousa Sampaio, 12. O desastre ocorreu por volta de 8 horas de ontem, no quilômetro 24 da CE-065, no distrito de Tabatinga, em Maranguape. Antônio Laerte Sampaio, pai da menina, pilotava a Honda Fan de placa NUN-5082 e levava a filha ao consultório odontológico. Ele foi encaminhado ao ´Gonzaguinha´ daquela cidade da RMF.

O corpo da estudante Melyssa de Sousa Sampaio ficou distante da motocicleta em que ela viajava na companhia do pai. O desastre ocorreu quando a garota era levada para uma consulta ao dentista na cidade de Maranguape fotos: Kiko Silva

O motorista do Ford Cargo de placas HXW-2466, Egberto Severo Costa, disse que o caminhão que estava à frente da moto parou de repente. "Ele tentou desviar, mas como vinha um veículo em sentido contrário, retornou à mão na qual trafegava, entretanto não teve como evitar a colisão", informou.

Denúncia

Melyssa Sampaio caiu para o lado do caminhão e foi colhida, ficando com o corpo esmagado. O caminhoneiro saiu do local do desastre às pressas, com medo de ser linchado, e compareceu à Delegacia Metropolitana de Maranguape, onde prestou depoimento e foi liberado em seguida. Ele disse que trafegava a 40 quilômetro por hora. A caçamba estava carregada de areia.

No local, existe um fotossensor, porém os moradores da área garantem que de nada adianta, pois os acidentes no trecho são constantes.

Mas, as denúncias, segundo a Polícia Rodoviária Estadual (PRE), não procedem. Os policiais militares que trabalham na área relataram que, desde a instalação do equipamento, os acidente de trânsito no trecho diminuíram sensivelmente.

Além disso, conforme os militares, uma fiscalização é feita constantemente na região para impedir que os guiadores desobedeçam a sinalização, trafegando em velocidade acima da permitida, realizando ultrapassagens em trechos proibidos ou dirigindo alcoolizados.

Poste

Uma colisão envolvendo uma caminhonete Hilux e um Zafira, na manhã de ontem, deixou duas pessoas com ferimentos leves, no cruzamento da Rua Francisco Holanda com a Avenida Desembargador Moreira, bairro Dionísio Torres. José Maria de Oliveira Filho dirigia a Hilux de placas NRC-6006. Com o impacto, a caminhoneta bateu e derrubou um poste de iluminação pública. Ele e a esposa foram levados a um hospital particular.

Na Avenida Desembargador Moreira, no Dionísio Torres, esta caminhonete Hilux colidiu com outro veículo e, em seguida, se chocou com um poste, derrubando-o

O Zafira de placas MQV-0770 era conduzido por José Mendes Filho, que nada sofreu. A causa mais provável da colisão foi um avanço de sinal. O trânsito chegou a ficar congestionado no local, apesar do feriado.

Estradas

Outros acidentes deixaram mortos entre as noites de terça- e quarta-feira. Dois deles ocorreram às 20 horas de ontem. Segundo o plantão da Polícia Rodoviária Federal (PRF), no quilômetro 405 da BR-116, em Milagres, um pedestre foi atropelado e morreu no local. Já no quilômetro 9 da BR-222, em Caucaia, um acidente de moto causou o óbito do condutor do veículo. Até por volta das 22h30 de ontem, a Polícia não havia ainda confirmado a identidade das vítimas.

Na Coordenadoria de Medicina Legal (Comel) da Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce), deu entrada o corpo de um homem vítima de um acidente de trânsito em Fortaleza. A vítima era o agricultor Alcides Teixeira dos Santos Júnior, 37. Ele morreu em decorrência de graves ferimentos sofrido num atropelamento. O caso, segundo registro do 34º DP (Centro), aconteceu na Avenida Aguanambi, no Bairro de Fátima.

Também no necrotério da Comel foi examinado, na manhã de ontem, o corpo do jovem Jorge Lucas Abreu Dias, 18, que morreu em consequência de um acidente de trânsito no Município de Canindé (97Km de Fortaleza). O corpo já foi liberado para sepultamento hoje.

Balanço

Até a noite passada, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) havia feito o registro de oito acidentes nas estradas federais que cortam o Estado, deixando dois mortos.

Já a Polícia Rodoviária Estadual (PRE) fez o registro também de seis acidentes. Ontem à noite, por volta de 20h45, o plantão do órgão registrou um acidente na CE-090 (Avenida Litorânea), em Caucaia.

FERNANDO BARBOSA
REPÓRTER

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.