Especial publicitário

Início promissor

11:06 · 01.08.2018 / atualizado às 17:43 · 02.08.2018
Entrar no mercado de trabalho pode ter muitos significados para o jovem: liberdade, autonomia, sinal de crescimento pessoal e intelectual, um futuro melhor, realização de objetivos. Em resumo, na maioria dos casos, assinar a carteira de trabalho representa o início da concretização de diversos sonhos – mesmo que ainda seja apenas o primeiro passo na trajetória profissional. Porém, a transição do ambiente familiar para o mundo profissional nem sempre é fácil. Pelo contrário, é repleta de desafios, como a necessidade constante de qualificação, o aumento da concorrência e o crescente nível de exigências das empresas na hora de selecionar seus funcionários.
 
Por outro lado, há diversos fatores que podem facilitar essa travessia. Por exemplo, o acesso a conteúdos na internet é uma vantagem jamais experimentada pelas gerações anteriores, estimulando o desenvolvimento intelectual sintonizado com as novas tecnologias. Isso também pode significar um jovem melhor preparado, detentor do conhecimento e amadurecido emocionalmente.
 
Mas o anseio pela entrada no mercado de trabalho também passa pela iniciativa individual. Desenvolver uma comunicação eficiente com todos ao seu redor, dominar diversos assuntos e saber trabalhar em equipe são requisitos indispensáveis para o sucesso na carreira, mesmo que ainda iniciante. Outro aspecto a se considerar é o peso dado para características pessoais. Pontualidade, comprometimento, seriedade, eficiência e bom relacionamento interpessoal são muito importantes na hora das avaliações pelos Departamentos de Recursos Humanos. Portanto, investir no aperfeiçoamento pessoal também pode fazer a diferença no momento de ser selecionado.
 
Entre os diversos assuntos abordados na série #PartiuMercado, trazemos um panorama sobre diversas oportunidades de ingresso e desenvolvimento do jovem no mundo profissional. Em uma das reportagens, detalhamos de que forma trabalhar e se qualificar no exterior pode ser uma alternativa viável para o crescimento do futuro profissional. Turismo e hotelaria: por que esses setores continuam tendo um grande peso no oferecimento de vagas de trabalho? Atuar como freelancer também pode ser uma boa alternativa para começar ou dar andamento à construção de uma carreira.
 
O objetivo dos conteúdos trazidos pelo #PartiuMercado é contribuir para abrir os horizontes profissionais, marcando o início de uma caminhada promissora. Publicada pelo Diário do Nordeste, a série #PartiuMercado tem o patrocínio da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (Fiec) e o apoio da Prefeitura de Fortaleza e do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae).
 
Boa leitura e mãos à obra!
 
CONTEÚDO PUBLICITÁRIO ESPECIAL
LOGOSENAI LOGO FIEC logo prefeitura logo sebrae

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.