ESPECIAL PUBLICITÁRIO

Foco nas oportunidades

11:31 · 29.06.2018 / atualizado às 08:47 · 13.07.2018

Com foco em qualificação e inclusão profi ssional, projetos do Governo do Estado do Ceará e da Prefeitura de Fortaleza auxiliam adolescentes e jovens no ingresso ao mercado de trabalho. As oportunidades beneficiam também quem busca o caminho do empreendedorismo.

Segundo informações da Coordenadoria de Juventude da Prefeitura de Fortaleza, todos os meses, por meio de formações na Rede Cuca, mais de 5 mil vagas são ofertadas em oito áreas de atuação e 21 modalidades esportivas. Para este mês, estão sendo ofertadas 5.278 vagas para jovens com idade entre 15 e 29 anos, em áreas como informática, fotografi a, formação de bandas e dança.

Além das formações, que geram conhecimento e prática nos diversos cursos, também existe um setor voltado para economia criativa, que auxilia os jovens na elaboração de currículos, apoio em produção de projetos, encaminhamento de vagas de estágio e emprego.

CAPACITAÇÃO E INCLUSÃO

O Governo do Estado, por meio da Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social (STDS), atende jovens e adolescentes em busca de capacitação e inclusão social e profi ssional. As oportunidades estão distribuídas em cinco projetos que ofertam vagas para estudantes a partir de 15 anos, pessoas em situação de vulnerabilidade social e econômica e pessoascom deficiência.

Um dos projetos é o Primeiro Passo, voltado para adolescentes e jovens, oriundos da rede pública de ensino, que se encontram em situação de risco e vulnerabilidade social. Abrangendo todo o Estado do Ceará, o programa atua em três linhas: Bolsista, Aprendiz e Estagiário (veja quadro). De acordo com a STDS, a meta é que até o fi nal de 2018 sejam atendidos mais de 15 mil jovens.

Outro projeto é a Escola de Vida Sabor e Arte (Evisa). Trata-se de um núcleo de educação profissional básica e continuada que promove, por meio de cursos voltados para área de alimentação e serviços de cozinha, inclusão social e produtiva de jovens em situação de vulnerabilidade social. A escola oferece capacitações nas áreas de Auxiliar de Confeitaria (Doces e Salgados), Garçom e Auxiliar de Cozinha, Garçom, Bartender, Produção de Salgados e Recepcionista de Eventos. Segundo a STDS, a Evisa já qualifi cou 905 jovens nas áreas de Gastronomia e Bartender nos últimos dois anos. E para quem quer empreender e experimentar na prática a organização e a operação de uma empresa, o projeto Empreendedor Criativo presta este serviço. O objetivo é fortalecer a inclusão de jovens entre 15 e 29 anos, cursando a partir do 1º ano do Ensino Médio, egressos dos projetos de qualificação ofertados pela STDS no mercado de trabalho. A ideia é proporcionar a vivência da experiência prática em economia e negócios, através de módulos diversos de qualificação direcionados à área de empreendedorismo. A previsão da Secretaria é atender duas mil pessoas até o final do ano. 

Mais informações:
https://juventude.fortaleza.ce.gov.br/10

Projeto Primeiro Passo

▷ Jovem Bolsista
Público: jovens de 15 a 29 anos, estudantes da 8ª e da 9ª séries do Ensino Fundamental e Médio ou EJA III e EJA IV

Benefício: bolsa-capacitação, fardamento, lanche, material didático e participam de cursos de iniciação profissional no período de 3 meses. São remunerados pelo Governo do Estado. 

▷ Jovem Aprendiz
Público: estudantes da 3ª série do Ensino Médio noturno ou que já tenham concluído, que tenham entre 16 e 22 anos.

Benefício: Bolsa de R$ 430 mensais (para os jovens concludentes) ou de 640 (para os jovens que estão cursando o 3° ano do
Ensino Médio), mais fardamento, lanche e material didático. São remunerados pela empresa (Lei de Aprendizagem nº 10.097 de
19/12/2000).

▷ Jovem Estagiário
Público: jovens de 16 a 21 anos, estudantes da 1ª e da 2ª séries do Ensino Médio que são encaminhados para estágios em instituições públicas ou privadas.

Benefício: remuneração da empresa.

▷ Estágio Remunerado
Público: estudantes da 3ª série do Ensino Médio, que são encaminhados para empresas privadas e públicas para estágio com duração de seis meses.

Benefícios: fardamento e auxílio-transporte e são remunerados pelo Governo do Estado.

Mais informações: (85) 3101.1553/1559

Fonte: Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social (STDS)

Público variado

Alguns programas do Estado estendem seu leque de atendimento para além dos jovens. É o caso do Criando Oportunidades, que oferece ações de qualificação profissional a mulheres chefes de família cadastradas no CadÚnico, beneficiárias ou não do projeto Bolsa Família; trabalhadores sem ocupação e desempregados; pessoas que trabalham em condição autônoma; jovens a partir de 16 anos à procura do primeiro emprego; e segmentos especiais como pessoas com deficiência, quilombolas, afrodescendentes, indígenas, apenados e egressos do sistema penal, jovens em cumprimento de medidas socioeducativas e LGBTT.

Este público também encontra oportunidade de qualificação profissional em uma das sete unidades dos Centros de Inclusão Tecnológica e Social (CITS). Nestes espaços são desenvolvidas ações de geração de emprego e renda no entorno de cada um, fortalecendo a economia dos bairros. As unidades são conveniadas ao Sistema Nacional de Emprego (Sine/CE), facilitando o encaminhamento dos trabalhadores ao mercado de trabalho. Cada CITS possui auditório com estrutura para realização de videoconferências, laboratórios de eletromecânica e informática,salão de jogos educativos, biblioteca multimídia, salas de aula, de professores, de secretaria e coordenação, cantina, banheiros e almoxarifado. As unidades estão nos bairros Conjunto Ceará, Jangurussu, José Walter, Lagamar, Messejana (São Bernardo), Mucuripe (Vicente Pinzon) e Parque São José.

Mais informações: http://www.stds.ce.gov.br

REDE CUCA

Rede Cuca é a sigla para os Centros Urbanos de Cultura, Arte, Ciência e Esporte, mantidos pela Prefeitura Municipal de Fortaleza. Geridos pelo Instituto Cuca, os Cucas Barra, Mondubim e Jangurussu atendem, prioritariamente, jovens de 15 a 29 anos, oferecendo cursos, práticas esportivas, difusão cultural, formações e produções na área de comunicação e atividades que fortalecem o protagonismo juvenil e realizam a promoção e garantia de direitos humanos.

Outro objetivo da Rede Cuca é trazer para a periferia de Fortaleza possibilidades e alternativas de fruição cultural por meio da realização de eventos estratégicos, festivais, mostras, exposições e programação permanente de shows, espetáculos e cinema. As vagas dos cursos de formação da Rede Cuca abrangem áreas como fotografia, cinema, teatro, inglês, produção cultural, dança, moda, informática, natação, pilates, rúgbi, triatlo, futebol, basquete, handebol, capoeira, muay thai, dentre outras áreas educativas, configurando um dos maiores programas culturais do Estado do Ceará.]

SAIBA MAIS

▷ Cuca Barra
Avenida Presidente Castello Branco, 6417 – Barra do Ceará
Contato: (85) 3211.4300/4301/4307

▷ Cuca Jangurussu
Avenida Castelo de Castro com Avenida Contorno Leste –Jangurussu
Contato: (85) 3444.6201/6202

▷ Cuca Mondubim
Rua Santa Marlúcia, s/n – Mondubim
Contato: (85) 3499.0017/0018

▷ Requisitos necessários:
- Ter de 15 a 29 anos;
- Documentos: cópia do RG (ou carteira de estudante) e do comprovante de residência;
- Menores de 18 anos: Termo de Responsabilidade assinado; RG do pai, mãe ou responsável.

▷ Horário de atendimento:
De terça a sexta-feira (9h às 21h) e sábado (9h às 13h)

CONTEÚDO PUBLICITÁRIO ESPECIAL
LOGOSENAI LOGO FIEC logo prefeitura logo sebrae

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.