artigo

Travessia

00:00 · 13.11.2017

Invariavelmente ao se aproximar o início de um novo ano, as pessoas se mobilizam para a travessia de mais um desafio em condições favoráveis. Contudo, infelizmente nem todas as promessas se concretizam como planejadas, gerando uma situação desconfortável já nos primeiro meses do novo ano.

A literatura que aborda o tema aplicado às organizações, recomenda dentre outras as seguintes premissas: não exagerar na quantidade de metas a serem alcançadas; ser parcimonioso e estabelecer um quantitativo que seja capaz de ser acompanhado e principalmente cumprido; focar no modo de atuar e estabelecer as condições que favoreçam a sua concretização.

Dimensionar as metas, segundo um alcance factível - deve ser simples, específica, clara e mensurável e com prazo claramente definido. Atenda de maneira favorável as atividades que dão suporte ao alcance das metas. Estabeleça um quadro de acompanhamento de modo a visualizar com a frequência necessária as possibilidades da sua concretização.

O acompanhamento efetivo e frequente é instrumento decisivo para a concretização do seu alcance - jamais deixar na gaveta as suas ferramentas, sob pena de perder o fio da meada e como tal o seu alcance efetivo.

Uma vez estabelecida às metas e o gerenciamento de suporte, acompanhe nas datas fixadas, implementando as medidas corretivas para que os desvios sejam corrigidos rumo ao alcance do seu objetivo.

A prática desses fundamentos, ao serem repetidos de maneira consistente, se tornará parte do seu dia a dia na empresa e produzirá resultados nunca antes alcançados.

Cláudio Montenegro. Administrador

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.