artigo

Senhor da vida

00:00 · 16.08.2017

Passam as rainhas, os reis, os filósofos de todas as escolas, os guerreiros, os conquistadores, os tiranos, os ricos opulentos e os pobres, os ateus, deles com medo de alma, mas Cristo não passa, nem passará, varando os séculos, e cada vez mais presente e atuante na História da Humanidade.

Cristo, Senhor da Vida, e Rei do Universo é o meu novo livro de poesia, a ser lançado às 19 horas de hoje, no Náutico, com renda em proveito da Casa do Menino Jesus, voltada para assistência às crianças portadoras de câncer. É um livro comemorativo ao Ano Mariano, pelos 300 anos de aparição de Nossa Senhora Aparecida, Padroeira do Brasil, nas águas do rio Paraíba do Sul, pelos cem anos de aparição da Virgem de Fátima aos três pastorinhos na Cova da Iria, em Portugal, e também pelo cinquentenário de atividades literárias deste autor. É dedicado ao Papa Francisco, exemplo de fé e de humildade.

O Papa é hoje a única voz amplificada, ouvida e aplaudida por milhões de pessoas, sem voz e sem vez. É a maior figura mundial, pois sempre fala aos corações humanos sobre a mensagem de amor do Divino Mestre, concitando o mundo à paz, à solidariedade, à ternura, ao acolhimento, à superação das divisões, ao fim dos muros è a construção de pontes para aproximar os semelhantes e não mais e mais a separá-los, pelas desigualdades sociais aparentemente insuperáveis.

E Jesus, Senhor da Vida e Rei do Universo, é o fiador da construção deste novo homem e deste novo mundo, pois sua palavra e seu exemplo de amor ao próximo brilha em cada crucifico e em cada coração, pelo qual deu a vida e o sangue.

Eduardo Fontes
Jornalista e administrador

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.