Artigo

São João Batista

00:00 · 23.06.2018
A salvação da humanidade, passa por São João Batista, que, na alegria do seu nascimento, já deixa óbvio os caminhos do Senhor, os quais somos chamados a percorrer. A alegria de sua vinda ao mundo, por nós comemorada, na atenção de que, desde o ventre de sua mãe Isabel, Deus o tinha consagrado como o maior entre os nascidos de mulher. Que inspirados, na figura do glorioso São João Batista, defensor da verdade e da justiça, prometendo tempos bons e o futuro promissor para a humanidade, possamos olhar o mundo, conscientes dos traços de desigualdades vivenciadas pelos filhos de Deus. Seu nascimento é prenúncio de tempos novos e messiânicos, no anúncio da instauração do reino de Deus, sendo que a humanidade é chamada a travar um forte duelo, de sair das trevas e experimentar a luz verdadeira. Luz esta, dadivosa e misteriosa, de tão bela e fulgurante que foi, que não podemos jamais esquecer aquele que preparou um povo inclinado aos propósitos de Deus. Numa jubilosa gratidão ao nosso Deus, não nos cansemos de nos pasmar, na alegria pelo nascimento de São João Batista! Ele nos ensina que pela ascese cristã e o rigor consequente, próprio dos seguidores de Jesus, encontra sentido o consistente compromisso diário, o de bater, com uma constante humildade e confiança, à porta do coração de Deus. Que o caminho da justiça e da solidariedade faça-nos um com Deus, no ânimo e destemor de descer ao abismo da humanidade, na perseverança e no amor. 

Geovane Saraiva
Padre e jornalista

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.