Coluna

Leitores e cartas

00:00 · 28.05.2018 / atualizado às 00:36

Obrigado, Chamusca

O título deste artigo já traduz o sentimento de gratidão da valorosa torcida alvinegra, por tudo que o competente treinador fez em prol do Ceará Sporting Club. Cabe-lhe o mérito de memoráveis conquistas da centenária e gloriosa agremiação desportiva. Com efeito, sob seu comando técnico, o "Ceará" ascendeu à Série A, foi campeão cearense de 2017 e está na semifinal da Copa do Nordeste. Essas vitórias decorreram de um trabalho eficiente, diuturno, pois Marcelo Chamusca assumiu a direção técnica em momento difícil do "time do povo". Consabido que os chamados "cartolas" do futebol têm o péssimo vezo de demitir os técnicos após algumas derrotas, provenientes da incapacidade dos jogadores ou da má fase do time, e não por culpa do "professor". O mau resultado do jogo contra o Vitória foi a causa da discutível derrubada de Chamusca. Pode-se imputar a ele a responsabilidade pelo malogro? Claro que não! O Alvinegro dominou a disputa, mas perdeu duas ou três excelentes oportunidades de mudar o escore e ainda teve a infelicidade do pênalti quando a partida estava perto de terminar. À semelhança de outros grandes times que superaram sucessivos fracassos em campo, o Vovô também dará a volta por cima, desde que a diretora contrate novos e bons jogadores.

Ernando Uchoa Lima

Fortaleza (CE)

ICMS abusivo

Lamentável a atitude dos governadores nesta greve dos caminhoneiros. Nenhum dos 27 se manifestou em reduzir a carga tributaria de 28% na gasolina e 14% no Diesel. Os estados nada fizeram para ajudar nessa crise, logo eles que são os que mais arrecadam. Os governantes querem as contribuições para suas contas, mas os caminhoneiros que sofram e o povo que se exploda.

José Pedro Naisser

Curitiba (PR)

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.