Artigo

Infância e Educação

00:00 · 13.06.2018

Para fortalecer a política de investimento no capital humano, o governo do Estado instituiu o Programa Mais Infância Ceará que engloba o desenvolvimento infantil nos pilares Tempo de Crescer, Brincar e Aprender. Neste último, reconhecemos a escola como direito de todos e por isso focamos na construção e qualificação dos Centros de Educação Infantil - CEI. A neurociência, em seus fundamentos, reforça a importância do investimento na educação infantil, etapa da educação básica que tem por finalidade o desenvolvimento da criança até seis anos em seus aspectos físico, psicológico, intelectual e social, complementando a ação da família e da comunidade. Criança que estuda ganha habilidades no âmbito da linguagem, cognição, sensibilidade, valores, capacidade de percepção e de interação.

É investindo nos pequenos que se combate a desigualdade e a melhoria na distribuição de renda. O Mais Infância Ceará empenha todos esforços na qualificação e fortalecimento dessa etapa e trabalha para ampliar o número de profissionais, famílias e crianças beneficiados.

O governo do Ceará vai entregar 159 centros e 32 foram inaugurados. Já estamos formando professores e gestores para esses equipamentos. Essas ações contribuem para atender a meta de universalizar a oferta de pré-escola e ampliar a disponibilidade de creches com uma atenção especial aos municípios mais pobres e nas zonas rurais.

Nossa intenção, por meio dessas ações, é promover o desenvolvimento integral e integrado das crianças cearenses em todos os 184 municípios, garantindo-lhes seus direitos no presente para um futuro digno e feliz.

Onélia Leite de Santana

Psicopedagoga e primeira-dama do CE

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.