Artigo

Ideias: Faça-se entender

00:00 · 28.05.2018 / atualizado às 00:38

Por Luciana Farias

Médica e neurocientista

Ser entendido é a base de toda comunicação, ou seja, a responsabilidade do diálogo é sempre de quem fala. A maioria dos problemas de relacionamentos pessoais e profissionais advém de uma linguagem não clara, em que a pessoa opta por achar que o outro entendeu o que ela queria dizer, ao invés de se certificar que a outra pessoa entendeu corretamente o que foi dito.

É primordial que, primeiramente, conheçamos nós mesmos antes de querer que os outros nos entendam. Pois, apenas tendo a própria consciência de si é que conseguimos elaborar efetivamente as falas sobre nossas necessidades e direcionar nossos desejos por conquistas futuras. A segurança na fala direta e a checagem se o que foi dito foi entendido é sinal de muita força, liderança e persuasão. Preocupar-se com o receptor da mensagem é garantir para você mesmo que "sua parte" nesse diálogo está sendo bem feita e aumentar sobremaneira suas chances de sucesso com o objetivo da fala. Diante disso, deve-se ter em mente que a segurança na fala direta e a checagem se o que foi dito foi entendido é sinal de muita força, liderança e persuasão - baseadas no respeito e não egoísmo.

Que tal se pudermos nos antecipar a possíveis problemas de relacionamentos? Apenas pergunte: "você entendeu realmente o que eu quis dizer?!". Assim você terá poupado uma demanda emocional desnecessária de organização de sentimentos negativos e controle de comportamentos indesejáveis. Entenda-se para ser entendido. Clareza na emissão da mensagem é fundamental nas relações sociais e na manutenção saudável dos sentimentos.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.