Artigo

Competências II

00:00 · 03.09.2018
 
 

Dando seguimento ao tema, cuido da abordagem sobre a motivação, enquanto competência e propósito de crescimento que leva as pessoas a desejarem desempenhar um excelente trabalho. Neste sentido, e na direção deste alcance, os gestores se instrumentalizam para dar “feedback” - enquanto fator de melhoria da qualidade contínua. 

Dispõe-se a estabelecer diálogos cujo conteúdo nem sempre é dos mais agradáveis. Quando concretizam essas interações, os líderes sabem, exatamente, como estão e como superar as eventuais deficiências em favor do desempenho desejado. 

De outra parte, potencializa nas pessoas a confiança que creditam ao líder. Na eventualidade do líder também ter qualidades de coach, potencializa o seu papel estimulando a resolução de problemas, através do aumento da produtividade e desperta nos seus seguidores competências duradouras que favorecem a motivação. Devem tornar visíveis os seus valores e atuar de forma a fazê-los virais - através da verbalização que motiva a prática, direcionando o comportamento dos seus seguidores - notadamente aqueles em início de carreira, assim como veteranos, até o sucesso. 

Estimular a conduzir programas de desenvolvimento da gestão, particularmente aqueles cujo conteúdo privilegia temas relacionados à liderança, ética, gestão da mudança entre os seus principais clientes com repercussão muito positiva nas relações com o mercado. 

Essas práticas se revelam eficazes quando aplicadas com determinação - através daqueles parceiros cujo desempenho repercute muito positivamente nessas relações.

Cláudio Montenegro - Administrador

 

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.